quinta-feira, 27 de junho de 2019

Em Noite Gospel, São João da Moda celebra a liberdade religiosa com apresentação da banda Som & Louvor

Fotos: Edson Arruda

Integrada às apresentações do Palco da Moda em 2016, a noite Gospel no São João da Moda tem sido cenário de encontros das mais diversas congregações evangélicas de Santa Cruz do Capibaribe e região. Na noite da última quarta-feira (26), centenas de fiéis cristãos celebraram a liberdade religiosa e acompanharam as pregações, as participações de cantores locais e os shows das bandas Agnus e Som & Louvor.


De acordo com a Lei Municipal 2.604/2017, de autoria do vereador Irmão Val, o Dia Gospel deve ser realizado anualmente dentro da programação junina municipal e em parceria com as igrejas evangélicas da Capital da Confecção. “Através desta lei, queremos garantir o direito de expressar a fé cristã, a partir da concepção evangélica; compartilhar o trabalho autoral dos ministérios de música existente em cada igreja protestante de nossa cidade e promover momentos de comunhão e louvor a Deus, como este,” frisou o vereador.


A banda Agnus, composta de membros da igreja Assembleia de Deus Madureira e da Batista, foi a primeira a subir ao Palco da Moda. Com cinco anos de caminhada, a banda trouxe o forró como ritmo de louvor e adoração. A Noite Gospel contou ainda com a participação do cantor e pastor Sandro Chaves; da finalista do programa Talento Kids, do SBT, Laís Ellen, natural de Vertentes; e do pastor Berg Alves, o qual pontuou o agradecimento a Deus como um dos compromissos diários do cristão e reiterou a importância dos evangélicos estarem ocupando aquele espaço no principal evento do município.


Por volta das 21h, a Banda Som & Louvor, fundada em 1987, na igreja Assembleia de Deus em Jacundá, no estado do Pará, subiu ao Palco da Moda e fez o público tirar o pé do chão. Com um ritmo diferenciado e tendo, em alguns momentos, a sanfona como principal instrumento de acompanhamento, a banda ressaltou que “tudo quanto tem fôlego, deve louvar ao Senhor”. O show intitulado “Festa de Crente” trouxe sucessos antigos como "Deus Estava Lá", "Deus dos Deuses", "Adora", "Sonho", "Deus está caprichando" e "Sem Jesus Não Dá", além das composições do mais recente trabalho, “De Janeiro a Janeiro”.


Entre as canções, o vocalista e compositor Jedson Aguiar cumprimentou o prefeito Edson Vieira e o vice-prefeito Dida de Nan por apoiar e abrir espaço para o povo evangélico expressar a sua fé num evento tão grande como os festejos juninos. “Em Fortaleza, por exemplo, não há apoio da Prefeitura para qualquer manifestação evangélica, entre outras inúmeras cidades que a gente percorre pelo país. Então, Santa Cruz do Capibaribe está de parabéns por abrir espaço para nós estarmos louvando e adorando o nosso Deus,” declarou Jedson.


Acompanhado de secretários, vereadores e lideranças religiosas, o prefeito Edson Vieira ressaltou o respeito de sua gestão aos evangélicos e reforçou o seu compromisso de continuar zelando pela liberdade religiosa. “Desde o primeiro dia de nossa gestão temos zelado para que a liberdade religiosa seja uma das nossas marcas, por isso seja no São João da Moda ou no Louva Santa Cruz, em novembro, nós não mediremos esforços para que os evangélicos ou os cristãos em geral sintam-se respeitados e acolhidos”, declarou o gestor.

POLO MULTICULTURAL


Ainda na noite desta quarta, através da parceria entre a Prefeitura e a Escola Dr. Adilson Bezerra de Souza, pelo segundo ano consecutivo, o Polo Multicultural sediou a gincana junina Tradições Culturais, onde foram expostos e apresentados trabalhos sobre 10 artistas, dentre eles, Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Elba Ramalho, Alceu Valença e Mastruz com Leite. Segundo a gestora, Clarice Grangeiro, essa atividade contou com o envolvimento das turmas do ensino Fundamental II, Médio e EJA, totalizando cerca de 800 alunos. Além da presença do corpo docente da unidade estadual de ensino, os pais de alunos e a comunidade local também acompanharam as atividades em ritmo de forró.

Nenhum comentário:

Postar um comentário