quarta-feira, 19 de julho de 2017

ICIA realiza o Julho Bordô para conscientizar a população






Pacientes oncológicos, funcionários e  voluntários participam, no mês de julho, da Campanha Nacional em apoio ao Combate à Mucosite Oral do Instituto do Câncer Infantil do Agreste – ICIA. A iniciativa, intitulada Julho Bordô, tem a proposta de conscientizar a população sobre os benefícios da laserterapia na prevenção e tratamento da complicação bucal causada pela quimioterapia e radioterapia e ainda orientar os cirurgiões-dentistas para o cuidado em saúde bucal nos pacientes em tratamento do câncer.

De acordo com a cirurgiã-dentista do ICIA, Sarah Rachel, a mucosite oral é uma inflamação da mucosa que reveste a cavidade bucal, ocasionada pelos efeitos nocivos da radio e quimioterapia. “A mucosite oral é uma das complicações mais comuns relacionadas ao tratamento oncológico e pode ser muito debilitante ao paciente, causando um desconforto intenso, dor, dificuldade para engolir, comer, beber e falar, diminuindo a sua qualidade de vida”, destacou.

Sarah explicou que a inflamação ocorre em 90% dos pacientes em algum momento do tratamento quimio e radioterápico, por isso a necessidade de prevenção do problema. “A mucosite aumenta o risco de infecções locais e sistêmicas, pois leva à formação de feridas na boca, que se tornam porta de entrada para fungos e bactérias, podendo comprometer ainda mais a saúde do indivíduo. Precisamos alertar para a necessidade do cuidado com a saúde bucal logo após o diagnóstico do câncer”, disse.

A inflamação pode, inclusive, reduzir as chances de sucesso do tratamento caso ele precise ser interrompido. “Em alguns casos, a mucosite oral pode ser a responsável pela suspensão da terapia até que seja reestabelecida a cicatrização da mucosa oral e o tratamento de infecções associadas. A forma grave eleva o tempo de hospitalização, aumenta a exposição às infecções oportunistas e gera maiores custos hospitalares”, acrescentou.

Assessoria de Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário