quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

PT deve lançar Marília Arraes ao governo de Pernambuco


Sem quadros tradicionais competitivos, o PT vai disputar o Governo de Pernambuco em 2018 com a candidatura da vereadora Marília Arraes, uma das mais votadas do Recife nas eleições passadas, chegando a quase 12 mil votos. A sua pré-candidatura já será formalizada logo após o Carnaval, segundo uma fonte. Marília deve procurar Ana Arraes, ministra do Tribunal de Contas da União, para uma reaproximação.

Filha do ex-governador Miguel Arraes, a ministra é mãe do advogado Antônio Campos, que disputou as eleições para prefeito de Olinda e apontou o PSB, o seu partido, e as principais lideranças que o conduzem hoje no Estado, como responsável pela sua derrota. Segundo o blog apurou, Marília dirá a Ana que se ela for candidata à governadora terá o seu apoio. A ministra teria, no seu entender, prioridade neste processo, que busca retirar, definitivamente, os Arraes do Governo Paulo Câmara.

Com a provável candidatura de Marília, respaldada pela ministra e filha de Arraes, o que se diz nos bastidores é que Antônio Campos sairia candidato a deputado federal por outro partido, que escolherá no tempo oportuno. A alternativa Marília soa bem aos ouvidos do senador Humberto Costa e do ex-prefeito João Paulo, principais lideranças do PT hoje no Estado e que não têm projetos de entrar na disputa majoritária em 2018.

Também é bem assimilada pelos ministros Bruno Araújo (Cidades) e Mendonça Filho (Educação), que embora em campos opostos, torcem pelo surgimento de forças que possam se contrapor a hegemonia do PSB no Estado. Na Câmara, Marília já foi escolhida como líder da oposição ao prefeito Geraldo Júlio, que, diferentemente do mandato passado, tende a ter uma bancada maior combatendo a sua gestão.

Fonte: Magno Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário