quinta-feira, 4 de agosto de 2016

No primeiro dia, 22ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana já supera expectativas


O volume de negócios obtido no primeiro dia da 22ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana superou as expectativas dos organizadores: foi 33% maior do que o primeiro dia da 20ª edição realizada no mesmo mês do ano passado. No dia três de agosto, o evento gerou R$ 8,2 milhões em negócios. E esta edição primavera/verão 2017 contabiliza outros recordes: são 125 expositores em 134 estandes comercializados.

Mais de mil pessoas devem passar pela 22ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana que acontece no Polo Caruaru. Até esta sexta-feira (05), empresas de confecção, calçados e acessórios de Pernambuco e de outros estados, como Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará oferecem mais de 13 mil itens para mais de 300 compradores convidados, que vêm de todas as regiões do País, e cerca de 200 espontâneos.

A Rodada de Negócios da Moda Pernambucana garante o acesso dos compradores a fornecedores dos segmentos bebê/infantil, jeans, moda feminina e masculina, surf e street wear, praia, fitness e íntima. A iniciativa, que movimenta o mercado há mais de uma década, fortalece o Nordeste como polo produtor de moda e vestuário, com destaque para a força do Arranjo Produtivo Local (APL) de Confecções do Agreste pernambucano.

O evento é realizado pela Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic) e pelo Sebrae Pernambuco, com patrocínio do Governo Federal, do Banco do Nordeste e do Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecção de Pernambuco e apoio do Sindicato das Indústrias do Vestuário do Estado de Pernambuco (Sindivest-PE), da Associação Comercial e Industrial de Toritama (Acit), das Associações Comerciais e Empresariais de Surubim (Aciasur) e de Santa Cruz do Capibaribe (Ascap).

Nenhum comentário:

Postar um comentário