segunda-feira, 29 de agosto de 2016

23ª Romaria do Frei Damião começa no dia 1º de setembro em São Joaquim do Monte






Entre os dias 1º e 4 de setembro, começa em São Joaquim do Monte, interior de Pernambuco, a 23ª Romaria de Frei Damião que pretende atrair mais de trezentos mil fieis e romeiros para um dos mais tradicionais eventos católicos do Brasil. A realização é da Paróquia São Joaquim juntamente com a Diocese de Caruaru. 

Nos quatro dias da romaria, uma programação especial foi preparada que mescla missas, terços, ofícios, confissões, além de shows religiosos e culturais, como trios pés-de- serra, bandas e orquestras. 

No dia primeiro, a programação se inicia às 6h da manhã com o ofício de Nossa Senhora cantado e ,em seguida, às 9h, prossegue com a Missa do Feirante celebrada pelo frei Nunes. À tarde, a partir das 15h, ocorrerá o terço da divina misericórdia e adoração do santíssimo na igreja da matriz. À noite, a partir das 19h, haverá confissão comunitária tendo como celebrante o padre Rogério José da Arquidiocese de Olinda e Recife. A noite termina com show do trio pé-de-serra Beija-Flor na praça de eventos da cidade. 

Nos dias 3 e 4 espera-se o maior número de turistas religiosos. No sábado, a programação começa às 6h com o ofício de Nossa Senhora e a Santa Missa. Às 9h, ocorrerá a acolhida às caravanas dos romeiros e durante o dia missas às 10h e 19h 30 min celebradas por padres da diocese de Caruaru. Atrações culturais também estão previstas ao longo do dia, com a apresentação de bandas marciais do educandário Frei Damião e show da orquestra Super Oara. 

A romaria se encerra no domingo. Começa com os festejos dos Bacamarteiros de Bananeirinha de São Joaquim do Monte, às 4h da manhã. O ponto ápice do encontro será às 9h, com a missa dominical que será celebrada pelo bispo diocesano, Dom Bernardino Marchió. Em seguida, haverá shows com Maurício Ramalho e o grupo Deus é Fiel da cidade de Maceió, Alagoas. 

Histórico da Romaria de Frei Damião – Criada em 1993, ela foi idealizada pelo pároco do município de São Joaquim do Monte, padre Pedro Antônio Filho. Nos três primeiros anos, a romaria contou com a participação de Frei Damião que só deixou de integrar o evento por decorrência de sua saúde debilitada que cominou com sua morte em maio de 1997. 

Mesmo após a morte do grande “Missionário do Nordeste”, os fiéis não pararam de se dirigir à cidade, durante a romaria. Atualmente, o evento atrai milhares de católicos que enchem as ruas e principais ladeiras que dão acesso ao Santuário de Frei Damião, localizado no alto da serra do cruzeiro, cerca de um quilômetro da cidade, onde o monumento do frade capuchinho abençoa todos os romeiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário