sexta-feira, 20 de maio de 2016

Volta Zé, será que ele irá voltar?

Foto: WhatsApp
Não é segredo para ninguém que existem sub-grupos dentro do grupo Taboquinha, onde dois seguimentos se destacam dentro do partido, tem o grupo dos vereadores liderado pelo vereador Ernesto Maia, onde lançou em 2014 o vereador Fernando Aragão como pré-candidato a prefeito nas eleições municipais de 2016, o outro seguimento é liderando pelo ex-deputado federal e hoje radialista José augusto Maia, que por sua vez lançou o Cleiton Barbosa como seu pré-candidato, mas logo cedeu as pressões internas e engoliu Fernando Aragão como pré-candidato do grupo Taboquinha.

Todavia as disputas internas não pararam por aí, pois as brigas pela vaga de vice passaram pela indicação relâmpago de Tallys Maia como pré-candidato a vice, onde depois de uma insatisfação do vereador Galego de Mourinha, o nome de Tallys foi ceifado sem apelos da composição da chapa de oposição, o mais estranho é que Galego depois de assumir como pré-candidato a vice junto ao pré-candidato a prefeito Fernando Aragão, ele era um dos mais empolgados, mas estranhamente desistiu da pré-candidatura a vice-prefeito e alegou questões pessoais.

De bate pronto o radialista José Augusto emitiu nota, deixou claro que ele que indicaria o nome do próximo pré-candidato à vice na chapa Taboquinha, isso logo que voltasse de uma viajem que estava agendada, porém o mesmo já chegou de viajem, mas se mantém em silencio, todavia estranhamente pichações começam a surgir em muros da cidade, com a pequena frase “Volta Zé”, seria um prenuncio d 2012?

Um comentário:

  1. Abri o olho Fernando...
    Tua pré-candidatura vai cair..

    ResponderExcluir