domingo, 29 de maio de 2016

Maio Amarelo e Gaviões do Capibaribe são destaques do “É Notícia no Rádio”


Fotos: É Notícia no Rádio / Flávio Amorim




O “É Notícia no Rádio” deste sábado, 28, entrevistou integrantes do clube gaviões do Capibaribe para falar sobre sua trajetória como motociclistas conscientes e também ensejar sobre o movimento internacional Maio Amarelo. Participam desta edição, o diretor, Júnior Barros, o tesoureiro David José Pereira e o integrante do clube, Marcone Júnior. 

A Assembleia Geral das Nações Unidas, criou o Maio Amarelo, em 2010, por meio de uma resolução que define o período de 2011 a 2020 como a década de ações para segurança no trânsito. A resolução é baseada em uma pesquisa realizada em 2009 que contabilizou mais de 1 milhão de mortes por acidente de transito em 178 países e um total de 50 milhões de sobreviventes com algum tipo de sequela.

Coordenado pelo poder público e sociedade civil, o movimento tem a intenção de mobilizar toda a sociedade em conjunto com órgãos de governo, empresas, associações e federações para difundir ações de conscientização para a devida atenção que o transito exige.

Como colaboradores do movimento estão os integrantes do clube Gaviões do Capibaribe, criado em 2001, o clube tem como filosofia muito mais que percorrer o país, eles promovem ações sociais em comunidades carentes e participam de campanhas educativas no trânsito como: a lei seca, blitz, entre outras atividades. Ambas com o intuito de chamar a atenção para os devidos cuidados ao pilotar uma moto ou dirigir qualquer outro veículo, o uso dos equipamentos de segurança são imprescindíveis.

De acordo com o integrante do clube, Marcone Júnior, está vestido adequadamente, usar os assessórios necessários para dar suporte a segurança como o capacete fechado, sapatos, luvas para viagens de longa distância ou até mesmo em dias de chuva, são fundamentais para garantir que o motociclista siga sua viagem tranquila.

Para compor o clube o possível “candidato”, passa por um rigoroso processo de avaliação, como: sua paciência ao volante, a forma como dirige, seu histórico, além de percorrer alguns trechos para ser analisado, todo esse processo gira em torno de 6 meses, só depois desse prazo, se julgado apto pelo grupo, o motociclista passa a integrar a equipe.  Os entrevistados chamaram a atenção ainda para os pais que insistem em entregar seus veículos aos filhos sem habilitação e em muitos casos menores de idade, lembrando que para mudarmos o mundo se faz necessário mudar a nós primeiro.

O número de acidentes com vítimas fatais são enormes, só no ano passado segundo dados do DATASUS, foram registrados 43 mil mortes no trânsito no Brasil. Os números alarmantes mostram que andar em alta velocidade, fazer ultrapassagem incorreta, ingerir álcool e dirigir não combinam. O mês de maio foi dedicado a promover ações para conscientizar a população santa-cruzense por meio de palestras, encenações e visitas nas escolas, afinal educação começa com os primeiros passos. 

Ao ver o sinal amarelo do semáforo lembre-se do seu significado: ATENÇÃO! Você é responsável pela sua vida e dos demais que trafegam em vias públicas e é essa atenção que irá contribuir para amenizar os altos índices de mortes em todo o mundo.


Foram destaques também no “É notícia no rádio”, o encontro do SEFAZ com o intuito de definir ações para o polo de confecções; o prazo para os microempreendedores individuais fazer suas declarações do MEI que vai até o último dia 31 de maio; o encontro promovido pela ASCONT com empresários de sucesso do nosso município; os moradores do bairro Nova Santa Cruz que receberam ruas pavimentadas, além das dicas de cinema.

O PROGRAMA

A novidade desta 25ª edição foi a chegada do novo integrante a equipe do “É Notícia no Rádio”, o jornalista Claudio Higino. O “É Notícia no Rádio” vai ao ar, todos os sábados, das 7h às 8h da manhã pela rádio IGM 88.9. Além do blog É Notícia, os ouvintes podem enviar as suas sugestões de pautas pelo WhatsApp (81) 9.8907-5045.

Por Josemilda Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário