domingo, 1 de maio de 2016

“É Notícia no Rádio” discute questões de saúde pública ligadas às arboviroses e ao vírus H1N1


Fotos: Blog É Notícia / Jair Sergio

Neste sábado (30), considerado o “dia D” de mobilização nacional contra a gripe H1N1, o programa “É Notícia no Rádio” discutiu questões de saúde pública ligadas ao vírus influenza e as arboviroses, através da participação do médico e professor universitário, Silvanio Silva. Apresentado por Antonio Andrade, Jair Sergio e Josy Santos, o jornalístico ressaltou ainda os últimos dias dado pelo TSE para o eleitor se regularizar com a Justiça Eleitoral.

Nesta 16° edição, o programa destacou as notícias que foram destaque durante a semana, a entrega de oito ruas pavimentadas no bairro Dona Lica II e a nova sinalização horizontal realizadas pela Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe; o encontro de Paulo Câmara com alunos santacruzenses que participarão de festival de Artes Cênicas, na Itália; a desistência da pré-candidatura de Galego de Mourinha à vice prefeito na chapa oposicionista; o Encontro semanal da equipe Top Team no centro de Santa Cruz do Capibaribe; a Semana do MEI, promovida pelo Sebrae, chega à oitava edição e terá vasta programação em Caruaru e o início da construção do asfalto na Duplicação da PE-160, além das dicas de semana.

Para conversar sobre as arboviroses (Dengue, Zika e Chikungunyae) e o vírus H1N1, atuais vilões da saúde pública nacional, o “É Notícia no Rádio” recebeu o médico e professor da Universidade Federal de Pernambuco, Silvanio Silva. O doutor iniciou sua participação comentando as transformações sofridas pelo mosquito Aedes aegypti ao longo da última década, aspecto que o tornou causador de tantas doenças.




Segundo a Folha de Pernambuco, o Estado confirma oficialmente que as mortes suspeitas por arboviroses já chegam a 191 neste ano, um aumento de 850% em relação ao mesmo período de 2015, quando eram 20 os casos suspeitos. Belo Jardim, Santa Cruz do Capibaribe e Brejo da Madre de Deus, ambas no Agreste, apontam uma alta de até 100% nas emissões de óbitos entre o fim de 2015 e janeiro deste ano.

Com relação ao vírus H1N1, o médico explicou que a doença é originou-se de uma mutação do vírus da gripe, também conhecida como gripe Influenza tipo A ou gripe suína. Essa nova variação da doença, tornou-se conhecida quando afetou grande parte da população mundial entre 2009 e 2010.

Os sintomas da gripe H1N1 são bem parecidos com os da gripe comum e a transmissão também ocorre da mesma forma. O problema da H1N1 é que ela pode levar a complicações de saúde muito graves, podendo levar os pacientes até mesmo à morte. Durante este sábado, a secretária de Saúde do município planeja imunizar 2500 pessoas vulneráveis a influenza, como crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, idosos, profissionais da saúde, povos indígenas e pessoas portadoras de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade.

CENTRO MÉDICO E DE CIRURGIA DRº SILVANIO SILVARua Francisco Barbosa, 297, bairro Novo (rua do Clube Ypiranga),

Santa Cruz do Capibaribe – PE /// Contato: (81) 3731-0780 / 9.8558-8575

O PROGRAMA

O “É Notícia no Rádio” vai ao ar, todos os sábados, das 7h às 8h da manhã pela rádio IGM 88.9. Além do blog É Notícia, os ouvintes podem enviar as suas sugestões de pautas pelo WhatsApp (81) 9.8907-5045.

Por Antonio Andrade

Nenhum comentário:

Postar um comentário