quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Vem aí mais uma Rodada de Negócios da Moda Pernambucana


O principal evento do Polo de Confecções do Agreste vai começar. A Acic já está com quase tudo pronto para realizar a 21ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana, o maior evento do setor no Nordeste. 120 expositores já confirmaram participação no evento que acontece de 24 a 26 de fevereiro, no Polo Caruaru. A expectativa é de que a geração de negócios cresça 5%, apesar do cenário econômico do país ainda ser desfavorável e de os números da indústria têxtil terem sido negativos em 2015.

Serão expostos cerca de 3.200 peças de moda feminina, infantil/bebê, jeans, surfwear/streetwear, praia e íntima. Empresas da Paraíba e do Ceará de calçados e acessórios também confirmaram presença, o que amplia o mix de produtos para os cerca de 500 compradores, visitantes e espontâneos que devem passar pelo local nos dias do evento.

Este ano, a Rodada vem com novidades. A principal é o Projeto Blitz. “Ele foi iniciado na edição anterior. As empresas expositoras participam e são beneficiadas gratuitamente sob a coordenação do Sindicato de Vestuário do Estado de PE (Sindivest-PE) com apoio da Acic e do Sebrae. O foco é o setor de produção, visando a melhoria, conformidade, excelência de qualidade, aumento da produtividade dos produtos e, consequentemente, maior competitividade dos mesmos no mercado”, explica Christianne Fiúsa, da J&B Consultores, empresa responsável pela organização do evento.

Christianne Fiúsa explica qual deve ser o procedimento dos compradores que desejam visitar a Rodada de Negócios da Moda Pernambucana antes do início do evento: “primeiro, eles têm que ser lojistas de confecção ou calçados; em seguida, devem entrar em contato com a Acic ou com a J&B Consultores, até a data do evento, através dos telefones (81) 3721-2725 / (81) 3231-1033 ou pelo e-mail jbconsultores@jbconsultores.com.br, e preencher um termo de adesão para ser analisado e cadastrado com antecedência”.

Há ainda um procedimento para durante a realização do evento: “neste caso, os compradores precisam se dirigir ao credenciamento, apresentar uma cópia do cartão de CNPJ e, estando dentro dos critérios pré-estabelecidos, serão cadastrados como espontâneos. A partir daí, a credencial será emitida, dando acesso ao evento a fim de que possam realizar suas compras”, conclui.

Em toda a sua história, a Rodada de Negócios da Moda Pernambucana já contabiliza R$ 230 milhões em negócios concretizados. Número que reflete o grau de excelência e de importância do evento para a economia de Pernambuco e do Nordeste.

Assessoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário