quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Santa Cruz do Capibaribe ganha Vara Regional da Infância e Juventude


A concretização do esforço do deputado estadual e primeiro-secretário da Assembleia Legislativa de Pernambuco Diogo Moraes (PSB) na busca por políticas públicas mais eficientes na causa da Infância e Juventude aconteceu na manhã dessa quarta-feira (27) com a inauguração da Vara Regional da Infância e Juventude em Santa Cruz do Capibaribe.

"Hoje é um dia importantíssimo para Santa Cruz do Capibaribe. A Vara da Infância e da Juventude é importante, pois temos uma cidade que cresceu em pouco tempo e precisamos cuidar da infância e a juventude", disse Diogo Moraes.

Diogo destacou a rapidez com que o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Frederico Ricardo de Almeida Neves, atendeu o pleito formulado pelo grupo de Santa Cruz do Capibaribe, que há bem pouco tempo esteve reunido com ele em Recife na liderança de Diogo Moraes. "Santa Cruz hoje está em festa, sabemos das necessidades de nossa população e Santa Cruz pode dizer ao senhor Frederico Neves: muito obrigado", falou Moraes, que ressaltou ainda o mandato de Frederico Neves.

"O Judiciário pernambucano agradece e Santa Cruz se alegra em participar desses seus últimos momentos como presidente. A Justiça agradece, foram dois anos com muita relevância", destacou Diogo.

O diretor do Fórum, Juiz Dr. Tito Lívio, falou do significado da nova vara. "O que isso representa para Santa Cruz? Representa o reconhecimento da necessidade dessa cidade. Temos uma carência ainda tremenda de atenção em relação à criança e adolescente. Hoje a infância e juventude de Santa Cruz, no Judiciário, passa a ter uma unidade classicamente focada na causa. E mais: com amplitude para orientar Toritama e Taquaritinga do Norte que forma nossa circunscrição", disse ele.

Para o presidente do TJPE, Frederico Neves, ´´é importante que nós pensemos na necessidade da congregação de esforços e na união de forças para que possamos prestar um serviço cada vez mais eficiente. A população brasileira precisa estar convicta que ela precisa também ajudar em alguma medida, auxiliando ao próximo e ajudando aos desassistidos``.

Também foi inaugurada a Vara da Fazenda Pública para que se torne mais ágil a resolução dos conflitos em que o Poder Público Municipal e o Poder Estadual são parte de processos.

Informações da Assessoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário