terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Celpe lança projeto Troca Econômica em Santa Cruz do Capibaribe


A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) está ampliando o Projeto Troca Econômica Celpe para o município de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste do Estado. A iniciativa tem início nesta segunda-feira (11) e segue até o dia 20 de Janeiro. A ação prevê bônus de R$ 285 a R$ 585 para os consumidores na troca de ar-condicionado, refrigerador ou freezer usado por um novo, com Selo Procel de Economia de Energia, de menor ou igual capacidade. O objetivo é incentivar a substituição para que haja redução de consumo e, consequentemente, diminuição da conta de energia dos participantes.

Na prática, o consumidor que atender aos critérios para participação receberá o bônus durante ou após a aquisição do novo equipamento de igual ou menor capacidade que o antigo. Ao substituir, por exemplo, um refrigerador antigo, ineficiente, por um novo, com Selo Procel, de menor ou igual capacidade, o consumidor pode reduzir em até 30% a conta de energia. No caso do freezer, a substituição pode promover uma redução de até 35%. Para o ar condicionado, 23%. Vale destacar que cada consumidor terá direito à substituição de dois equipamentos por conta contrato.

O Troca Econômica faz parte do Programa de Eficiência Energética da Celpe e foi aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Podem participar os consumidores residenciais de Santa Cruz que tenham fornecimento de energia regular, estejam em dias com a Celpe, apresentem média dos três maiores consumos de energia dos últimos 12 meses igual ou maior que 80 kWh/mês. Além disso, o consumidor não pode ter adquirido, nos últimos oito anos, equipamento similar com subsídio (compra/doação) da concessionária, a exemplo do Energia Verde e Nova Geladeira. Aqueles que atenderem aos critérios, poderão ter acesso ao Troca Econômica Celpe de duas maneiras:
1- Ir até o atendimento do Troca Econômica Celpe (Loja Insinuante, Avenida 29 de Dezembro, 436 – Bairro São Cristóvão – Santa Cruz do Capibaribe) para se inscrever e adquirir o desconto no ato da compra do equipamento novo. Nesse caso, o valor do bônus será descontado no pagamento, exclusivamente, na Loja Insinuante.

2 – Após a compra do eletrodoméstico com Selo Procel de Economia de Energia em qualquer loja varejista, o consumidor deverá procurar o atendimento do Projeto localizado no endereço citado acima, apresentar a nota fiscal da compra do equipamento e se inscrever. Vale destacar que, para o projeto, a nota fiscal tem validade de 30 dias a partir da data da sua emissão. Lá, após efetuar a inscrição, o consumidor receberá um cartão de débito que será carregado com o valor do bônus em até 15 dias úteis após a entrega do equipamento antigo. O valor do bônus poderá ser utilizado como débito pelo cliente em qualquer estabelecimento comercial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário