sexta-feira, 27 de novembro de 2015

De olho no Panorama Político

Muita zoada e pouca razão

Em meio a um bom debate, onde o Regimento Interno da Câmara esteve em evidência, o vereador Carlinhos da COHAB (PSL) solicitou um parecer dos advogados sobre a questão da composição e divisão dos cargos dentro da CPI. Pois bem, dado o parecer os vereadores de oposição acabaram escolhendo entre si, quem seria o titular e quem seria o suplente, desta forma foi feita a votação e mesmo não gostando do resultado os oposicionistas rederam-se ao desfecho final, que culminou com os vereadores Zé Minhoca (Presidente) Luciano Bezerra (Relator) e Ernesto Maia (Secretário). A partir de então se deu inicio a reunião de formação da outra CPI, desta vez a chamada CPI dos bolos, pois não é que a oposição fez a mesma zoada, pois queriam fazer diferente da primeira. Achei até engraçado, ora se a regra aplicada na composição da segunda CPI é igual a da primeira, como danado os oposicionistas queriam um resultado diferente. Sinceramente foi muita zoada e pouca razão.


Contradições (I)
A divulgação da matéria contendo um vídeo onde chefes de excursões de compradores, afirmam que o ex-deputado Zé augusto Maia (PROS) estaria oferecendo vantagens para levar tais compradores para o Uai Shopping em Toritama, caiu como uma bomba, deixando muita gente perplexa, pois essa história revela uma contramão para o ex-deputado que sempre pregou ser o criador do Moda Center e seu maior defensor. Realmente a contradição correu solta, e o próprio ex-deputado chegou a dizer em seu programa de rádio que “não via nada de mais” eu até concordaria com José Augusto Maia, se caso ele fosse um comerciante, até poderia tentar justificar-se dizendo que se tratava apenas da concorrência do próprio comércio. Porém ele ainda é um homem publico, e mesmo sem mandato continua sendo um político, até quando não sei! Mas uma coisa é certa, quando o político, volta e meia cai em contradição fica difícil para o povo acreditar nele.

Contradições (II)

Foi matéria também aqui no Blog Sulanca News, um pronunciamento feito por um dos filhos do ex-deputado, onde o mesmo fala que, estão querendo criar fatos inexistentes. No decorrer do texto ele diz ainda quê; a “[...] acusação que de forma alguma existiu...”. Ai vem a contradição, pois, enquanto um diz que nada disso aconteceu o próprio ex-deputado reconhece que teve sim contato com clientes, ou seja, é um desdizendo o que o outro diz, desta forma, quem vai acreditar em defesa sem sustentação.

Caiu do cavalo (I)

O vereador Carlinhos da COHAB (PSL) foi condenado na justiça local, e terá que pagar R$ 10.000,00 (dez mil reais) de indenização, devido à ação movida pelo Procurador do Município, o Dr. Marcelo Diógenes que foi acusado pelo vereador durante o programa Oposição em Ação, de ter falsificado documentos para beneficiar pessoas ligadas ao grupo de situação. Desta feita o Dr. Marcelo Diógenes ingressou com uma ação contra o vereador e contra a rádio Polo FM, emissora onde o programa é produzido e vai ao ar. Com essa derrota na justiça local eu diria que o vereador caiu do cavalo, e não caiu só.

Caiu do cavalo (II)

Se não bastasse a primeira queda do cavalo, do vereador Carlinhos da COHAB (PSL) na ação movida pelo Procurador Dr. Marcelo Diógenes, o vereador caiu do cavalo novamente, agora referente à outra ação, agora movida pela CDL de Santa Cruz do Capibaribe, neste caso o Carlinhos também foi condenado, e terá que desembolsar R$ 15.000,00 (quinze mil reais). É o negocio esta ficando caro. Como já dizia os mais velhos, “além de queda coice”.

Por Nilson Pereira.

Atendentes ao público recebem certificados de Curso Básico de Libras


A prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, por meio da Secretaria de Educação, realizou na noite desta quarta-feira (25), no plenário da Câmara de Vereadores, a entrega do certificado a 69 alunos do 1º Curso Básico de Libras (Língua de Sinais), para atendentes ao público. A ação é desenvolvida através do projeto, “Mãos que aproximam e ampliam as redes de comunicação”.

O objetivo do curso é tornar as repartições públicas ou privadas de atendimento no município, um ambiente de comunicação inclusiva e promovendo a interação entre cidadãos ouvintes e surdos.

“Este curso veio em boa hora, pois Santa Cruz do Capibaribe tem vários surdos e, infelizmente quando eles se dirigem a lugares públicos ou privados não encontram pessoas com habilidades para atendê-los. Acredito que este curso vai ajudar as nossas repartições neste quesito”, destacou o Prefeito, Edson Vieira.

Joselito Pedro, Secretário de Educação, parabenizou os concluintes do curso de Libras. “Parabenizo e agradeço a todos pela confiança em nosso trabalho, fiquei impressionado com a determinação e com o número expressivo de alunos no curso, isso significa que acertamos em focar nessa necessidade que atinge empresas e órgãos públicos de Santa Cruz do Capibaribe”, pontuou o Secretário.

“Estamos entregando o certificado do Curso Básico de Libras a 69 pessoas, isso é um motivo de muita alegria para nós, principalmente porque Santa Cruz continua na vanguarda, sendo referência na proposta de inclusão em todo estado”, contou Clécia Lira, Coordenadora de Educação Inclusiva.

A professora Jackellyne Tavares, disse que o curso de libras vai ajudar dentro e fora da sala de aula. “O curso me deu a oportunidade de trabalhar a inclusão em sala de aula, uma vez que existem vários alunos surdos que precisam de ajuda para obter conhecimentos. Com as noções adquiridas, posso praticar a inclusão em qualquer lugar”. 

O 1º Curso Básico de Libras para Atendentes ao Público foi realizado em dois lugares, Secretaria de Educação e Escola Padre Zuzinha, teve duração de 6 meses, com 20 encontros, 1 por semana. 

Além da entrega dos certificados, o evento contou com apresentações de professores e alunos. Teve a presença do Professor do curso, Boyzar Dioclezio, dos professores interpretes Cleidiane Queiroz, Iris Carla e Gleibson Marciel, os vereadores Zezim Buxim (PSDB) e Ronaldo Pacas (PSDC). 

Informações da Assessoria.

Agentes de Endemias trabalham em horário estendido em Santa Cruz do Capibaribe


Com o surto de virose que está ocorrendo, a Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe vem trabalhando intensamente para conter a proliferação do mosquito. Além de fazer a prevenção, as equipes estão fazendo a parte educativa nas escolas e nas residências.

Para avançar no combate aos focos, os agentes de endemias estão trabalhando até a noite para cobrir o maior número de residências. No bairro São Miguel, foi dado início ao mutirão na última terça-feira, que vai abranger a área do Bela Vista e Cohab. Os agentes por onde passam pedem ajuda da população para que os moradores consigam colaborar na diminuição dos casos. Para isso é necessário que observem os possíveis criadouros dentro e ao redor das residências. O mutirão continua e vai até o dia 16 de dezembro passando por todos os bairros.

Contudo, os agentes de endemias ainda estão encontrando resistência por parte de alguns moradores que não permitem que eles façam seu trabalho e até os proíbem de entrar nas residências. Diante disso, a Secretária de Saúde reitera o pedido de colaboração à população. Os agentes vão trabalhar durante o mutirão em horário estendido, manhã, tarde e noite, e que os mesmos podem ser identificados pela população através do fardamento, e também por estarem trabalhando em grupos. Informações adicionais zap-dengue: 9.9914-2764 .

Informações da Assessoria.

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe realiza Formação Continuada para Servidores Públicos


Com o tema: “Políticas Públicas, Direitos Humanos e Cidadania”, a prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, por meio da Secretaria de Cidadania e Inclusão Social e Secretaria Executiva de Articulação, realizou na manhã desta terça-feira (24), na Praça do CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados), a segunda edição da Formação Continuada para Servidores Públicos.

Com foco nas relações ético-raciais no Brasil, o objetivo do debate é humanizar e qualificar o atendimento dos serviços públicos prestados pela gestão municipal à população da Capital da Confecção.

“Hoje nossa Secretaria está participando dessa formação, é uma importante ação, pois as palestras são interessantes e que certamente vão ajudar no dia a dia de todos os servidores públicos”, disse Alessandra Vieira, Secretária de Cidadania e Inclusão Social.

Ao participar do encontro, o prefeito Edson Vieira PSDB) ressaltou o valor do Servidor Público para o município. “Cada servidor públicos é importante para o nosso município. Temos um conjunto de pessoas que unidos estamos transformando nossa cidade em lugar bom para se viver. Conto com essa união para avançarmos cada vez mais”, destacou o prefeito.

“A formação para servidores públicos é de grande valia, porque ele precisa estar preparado para atender bem, respeitar todos, independente da cor da pele, atender pelo caráter, com gentileza e educação, respeitando as diferenças de cores e raças do Brasil”, falou o palestrante, Ariosvalber de Souza, Professor Formador (UFCG).

O Servidor Público, Fernando Pereira, contou que o seminário contribui em melhorias na abordagem e tratamento em repartições públicas. “É um momento rico para nós enquanto servidores do município, ampliamos nosso conhecimento sobre a questão ética-racial no país e como podemos contribuir dignamente para a sociedade santa-cruzense”.

A Secretária Jessyca Cavalcanti ressaltou a importância desta formação que será ampliada para as demais secretarias. “Esta segunda formação busca aplicar temas da atualidade à realidade de nossos servidores que estão em contato direto com a população. Um atendimento das demandas sociais de forma humanizada, através da troca de experiências, palestras e cursos em diversas áreas”, informa.

O encontro contou com apresentação do Livro: “Nas confluências do Axé: Refletindo os desafios e possibilidades de uma educação para as relações ético-raciais” e palestras com o Professor da UFCG, Ariosvalber de Souza, Moisés Alves, que é jornalista, e João Tavares, professor de Língua Portuguesa.

Informações da Assessoria.

Campanha de combate às viroses chega aos bairros de Santa Cruz do Capibaribe


Palestras nas escolas, panfletagens, aplicação de larvicida, visitas domiciliares, entre outras ações marcaram o início do mutirão de combate às viroses, nesta terça-feira (24), no bairro São Miguel. A iniciativa da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, através da Secretária de Saúde, busca orientar a população na prevenção de doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti.

A postura do município em mobilizar dezenas de voluntários e a população no enfrentamento ao mosquito causador da Dengue, Chikungunya e Zika, é mais uma ação de prevenção que chega as ruas da Capital da Confecção. “Diariamente buscamos formas de conscientizar os munícipes da importância de sua participação nessa campanha. 

Serão aproximadamente 100 pessoas nas ruas orientando e prevenido a população contra os malefícios dessas viroses”, destacou o secretário de Saúde, Breno Feitoza.

De acordo com o supervisor dos agentes de endemias, Uberlândio José, o mutirão atuará em duas vias, enquanto o agente de endemia fiscaliza os reservatórios de água com o responsável pelo imóvel, o agente de saúde orienta os demais moradores no combate aos focos de proliferação do mosquito. “Pretendemos mobilizar todos os integrantes da casa nessa campanha. Então, agentes e voluntários atuam simultaneamente durante as visitas domiciliares”, frisou o supervisor.

Ação Educativa:

Enquanto as famílias acolhem os agentes e voluntários, na Escola Municipal João Maia Neto, crianças e adolescentes aprendem uma lição extra de saúde pública com os integrantes do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF). “Ao longo do mutirão, iremos percorrer as sete escolas públicas localizadas nas áreas de maior índice de proliferação do mosquito. Como o nosso público alvo são crianças e pré-adolescentes, optamos por palestras educativas e ilustrativas,” explicou a coordenadora do NASF, Monique Lima.

Além do NASF, a iniciativa conta também com agentes de saúde de todos os bairros. “Não podíamos ficar parados em meio aos altos índices de pessoas infectadas. Depois de atender ao meu quarteirão, vim para o São Miguel difundir as orientações de prevenção e combate aos focos de proliferação dos mosquitos”, ressaltou o agente do bairro Nova Santa Cruz, Joalisson Clemente.

A população do bairro aprovou as ações e principalmente o uso do larvicida. “Parabenizo a gestão e as pessoas que estão trabalhando nessa ação. Fiquei muito contente quando o rapaz colocou o larvicida na minha cisterna, agora estou mais tranquila e convicta que venceremos esse mosquito”, disse a moradora do São Miguel, Maria José. Nesta quarta-feira (25), as ações continuarão nos bairros Nova Santa Cruz e Bela Vista.

Informações da Assessoria.

Justiça local condena Carlinhos da COHAB e Rádio Polo FM, partes condenadas ainda poderão apelar


As duras críticas feitas pelo vereador Carlinhos da COHAB, no programa ‘Oposição em Ação’, ao procurador do município de Santa Cruz do Capibaribe, Marcelo Diógenes, acarretaram em uma punição, com multa fixada em 10 mil reais para o vereador e mais 10 mil reais para a Polo FM, emissora de onde é gerada o programa.

Marcelo Diógenes ingressou judicialmente contra o oposicionista após declarações de que teria adulterado documentos referentes a boxes do Calçadão Miguel Arraes de Alencar, no intuito, segundo o vereador, de beneficiar correligionários do prefeito Edson Vieira, em detrimento ao nome de um comerciante, ligado ao grupo Taboquinha. Ofendido em sua honra profissional, Marcelo tomou as medidas consideradas cabíveis.

A sentença, assinada pelo juiz Dr. Tito Lívio, cita que nem a Polo FM, nem tampouco Carlinhos compareceram às audiências realizadas no âmbito da justiça local. Em outro ponto o texto diz que Carlinhos utilizou expressões ofensivas à honra de Marcelo Diógenes, ‘extrapolando o limite permitido ao exercício do direito de expressão’.

Sobre a emissora, Dr. Tito diz que, “o veículo de comunicação também auferiu lucro (proveito econômico) com a veiculação do programa, seja pela venda do horário, seja pela exibição de propaganda comercial para a audiência existente. Assim, o risco da atividade empresarial faz a demandada Polo FM também responsável por eventuais atos ilícitos praticados em sua grade de programação”.

“JULGO PROCEDENTE o pedido autoral, para condenar solidariamente os requeridos ao pagamento de indenização por danos morais arbitrados, conforme acima fundamentado, em R$ 20.000,00 (vinte mil reais)”, diz o juiz em sua sentença, deixando claro que as partes condenadas terão o prazo de dez dias, a partir da notificação, para efetuarem o pagamento da quantia, em juízo.

A decisão aconteceu em primeira instância e ainda cabe recurso a Carlinhos da COHAB e a Polo FM.

Fonte: Blog do César Mello.

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe realiza 3ª Mostra Multicultural do Mais Educação


A prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, por meio da Secretaria de Educação, realizou na manhã desta sexta-feira (20), no Clube Ypiranga, a 3ª edição da Mostra Multicultural do Programa Mais Educação. O evento contou com 15 apresentações e envolveu 1.800 alunos de 12 escolas municipais.

O objetivo da 3ª Mostra Multicultural é apresentar ao público as diversas atividades vivenciadas nas oficinas das escolas de Santa Cruz do Capibaribe, através do Programa Mais Educação.

O prefeito Edson Vieira (PSDB), destacou o valor do programa para a educação. “O Mais Educação acontece de forma efetiva em 15 escolas do município e esta Mostra Multicultural tem o poder de resgatar a cultura e tradições brasileiras, em especial a Nordestina”.

“A contribuição do Programa Mais Educação para a efetivação da educação é enorme, principalmente nas atividades pedagógicas, ampliando o conhecimento de nossas crianças, adolescentes e jovens”, disse Joselito Pedro, Secretário de Educação.

Ana Clara, estudante do 5º Ano, da Escola Vereador Ciríaco Ramos de Lima, falou sobre sua apresentação na 3ª Mostra Multicultural do Mais Educação. “É muito legal está aqui, junto com as minhas professoras e com meus amigos. Nós realizamos muitos experimentos, estou adorando e me divertindo nessa Mostra Multicultural”.

“O projeto Mais Educação é riquíssimo em cultura, artes, esportes e reforço escolar. Todas as nossas atividades estão voltadas para o bem estar de nossos alunos”, frisou Josilene Feitosa, Coordenadora do Mais Educação em Santa Cruz.

A Mostra Multicultural contou com apresentações teatrais, folclore, lendas, percussão, maracatu, frevo, carimbó, xaxado, rádio escola, forró pé de serra, recreação, flauta doce, pinturas, capoeira, judô, atletismo e homenagens a Luiz Gonzaga, Rei do Baião e Maurício de Sousa, cartunista criador da Turma da Mônica.

Informações da Assessoria.