terça-feira, 13 de outubro de 2015

Edilson Silva enfrenta oposição dentro do PSOL

Foto: Divulgação.
A eleição para presidência do PSOL, que resultou na escolha de Albanise Pires, foi uma das mais disputada de Pernambuco, segundo Zé Gomes, membro histórico do partido, e candidato a governador pela legenda em 2014. “Pela primeira vez uma chapa ganhou com menos de 90%. O percentual de Albanise foi 60%, o que demonstra que o partido tem, atualmente, uma oposição interna”, disse o psolista.

Com isso, fica subentendido que o grupo do atual deputado estadual e ex-presidente, Edilson Silva, não tem mais a força que possuía até então, um sinal de alerta passa a fica ligado a partir de agora no PSOL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário