segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe promove seminário de Direitos Humanos para servidores públicos


O zelo pelo direito à expressão da multiplicidade cultural, étnica, sexual e religiosa tem sido umas das vertentes adotadas pela Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, através da Secretária de Cidadania e Inclusão Social. Na manhã deste sábado (19), servidores públicos do município participaram no primeiro Seminário de Direitos Humanos no CEU.

O objetivo do debate é humanizar e qualificar o atendimento dos serviços públicos prestados pelo governo municipal à população da Capital da Confecção. “Esta formação continuada dos servidores concretiza o nosso pensamento de ofertar ao município de Santa Cruz do Capibaribe um serviço público digno e que respeite as diversas camadas que o compõem”, ressaltou o prefeito Edson Vieira. 

O projeto de formação continuada dos servidores foi criado pelas secretarias de Cidadania e Inclusão Social e Articulação Institucional. “Este foi um momento ímpar, não só para a gestão, mas também para todas as comunidades que compõem a sociedade. Fico muito satisfeita em ver que todas as esferas de servidores participaram no seminário, principalmente aqueles que prestam atendimento direto ao usuário”, declarou a secretária de Cidadania e Inclusão Social, Alessandra Vieira. Foram oferecidas cinco dimensões para discussão entre os servidores. 

A palestra de abertura do Seminário sobre “Direitos Humanos no cotidiano, processo histórico da conquista de direitos” foi conduzida pela professora e doutora em Ciências Políticas, Ana Maria Barros. “Foi uma iniciativa muito importante da prefeitura, uma vez que o funcionário público é aquele que está na ponta do atendimento. Quando você oferece uma formação da área de Direitos Humanos, está contribuindo para que o respeito a diversidade seja garantido”, disse a professora. Conduziram ainda do seminário, o jornalista Rafael Negrão e os professores Ariosvalber de Souza Oliveira e Geraldo Cordeiro. 

A formação orienta os servidores a adotem uma postura ética em relação ao compromisso com os princípios da administração pública. Para o servidor e atendente do Bolsa Família, Rafael Aleixo, o seminário contribuiu, entre outros aspectos, para a forma de abordagem e tratamento dos usuários. “Diariamente recebemos pessoas de todos os credos, raças e gêneros. Então, a realização desta formação nos possibilita atender cada usuário de acordo com seus princípios socioculturais”, pontuou Rafael.

Segundo a secretária de Articulação Institucional, Jessyca Cavalcanti, a realização do seminário faz parte de uma série de ações para a formação continuada dos servidores. “A cada dois meses iremos promover palestras, seminários ou cursos que possibilitem ao servidor de Santa Cruz do Capibaribe, um conhecimento mais aprofundado sobre temas que norteiam a sociedade”, relatou. O servidor público hoje, sob o legado da Constituição Federal de 1988, é convocado a rever suas atividades enquanto agente do Poder Público.

Informações da Assessoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário