quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Conferência municipal discute políticas voltadas à pessoa com deficiência


Questões de gênero, raça, diversidade sexual serão algumas das abordagens que a Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe, através da Secretária de Cidadania e Inclusão Social, fará durante a III Conferência Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência. O evento acontecerá na próxima sexta-feira (28), as 8h, no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), no bairro Santa Filomena. 

Neste ano, a conferência terá como tema “Os desafios na implementação da política da pessoa com deficiência: a transversalidade como racionalidade dos direitos humanos”, uma nova proposta para superar o modelo tradicional de se pensar políticas públicas entra agora em debate. “Teremos a oportunidade de sugerir uma nova forma de atuação para as iniciativas sociais, olhando para as necessidades e demandas dessas pessoas, não apenas pelo viés da deficiência, mas da inclusão e garantia de direitos perante a sociedade,” destacou a secretaria de Cidadania e Inclusão Social, Alessandra Vieira.

De acordo com a proposta aprovada pelo Conade, o tema será tratado em três dimensões: “Identidades de gênero e raça, diversidades sexual e geracional”; “Órgãos gestores e instâncias de participação social”; e “Interação entre poderes e os entes federados”. Ao efetuar sua inscrição, o participante poderá escolher uma das dimensões para participar. “A temática da conferência traz a transversalidade dos direitos humanos para o palco da discussão. Onde o principal objetivo é melhorar a qualidade de vida da pessoa com deficiência,” ressaltou a Coordenadora do CRAS do bairro Bela Vista, Jaíra Victor. 

Para o Presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Comdef), Renê Romualdo, a conferência é um momento fundamental para a sociedade discutir sobre pontos muito importantes como acessibilidade e inclusão. “É indispensável a participação da sociedade civil organizada, de familiares e da própria pessoa com deficiência na construção de novas políticas públicas. Esse diálogo contribui para que novas formas de acessibilidade sejam alcançadas pela pessoa com deficiência em nosso município.”

Ao longo dos últimos três anos, várias ações do Governo Municipal tem modificado a vida das pessoas com deficiência na Terra das Confecções. Entre elas então, a criação do Camarote da Acessibilidade; confecção das Carteiras de Identificação da pessoa com deficiência; construção de rampas de acesso ao longo da Avenida 29 de Dezembro; curso de Libras na Casa da Juventude e na Secretária de Educação; aprovação da Lei de Comemoração ao Dia do Surdo; Campanha do Dia de Conscientização do Autismo; apoio e inclusão aos para-atletas nos eventos esportivos da cidade e a conquista de uma vaga no Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência. 
Informações da Assessoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário