segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Terminam nesta segunda-feira (31) as inscrições para Jogos Industriais do Sesi


Interessados em participar dos Jogos Industriais do Sesi têm até esta segunda-feira (31) para garantir a presença em até duas das oito modalidades existentes. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo trabalhador da indústria ou empresa na unidade mais próxima do Serviço Social da Indústria. Considerado um dos maiores torneios de classe, os organizadores pretendem reunir, nesta edição, cerca de 3 mil trabalhadores-atletas. Informações (81) 3412.8595.

As modalidades existentes são: futebol de campo, futsal, futebol sete master, vôlei de areia, natação, atletismo, tênis de campo e xadrez. Na fase inicial, os competidores disputam com outros de cidades vizinhas e os vencedores seguem para a fase estadual, onde serão conhecidos os campeões de cada esporte. Podem participar industriários a partir de 16 anos e concorrer em uma categoria coletiva e outra individual. O início dos Jogos será dia 12 de setembro.

Para o analista de Qualidade de Vida da entidade, Fernando Medeiros, “ao investir na prática esportiva de seus colaboradores, as empresas têm retorno direto em produtividade e motivação, pois o trabalhador se sente mais disposto para produzir e costuma aumentar a identificação dele com seu empregador e equipe”.
Informações da Assessoria.

Jaçanã recebe 4º edição do programa Prefeitura Nos Bairros


Na manhã deste sábado (29), foi realizada a quarta edição do “Prefeitura nos Bairros”. O programa é promovido pela Prefeitura Municipal, com a realização de diversos serviços a população daquela localidade e bairros vizinhos. 

Emissão de 2ª via de certidão de nascimento e casamento, corte de cabelo, limpeza de pele, aferição de pressão, testes de glicemia, vacinação, aplicação de flúor e orientações de saúde bucal, distribuição de preservativos, avaliação antropométrica, pré-cadastro do programa Bolsa Família, playground com pipoqueira, apresentações de dança, torneio de futsal e bazar comunitário foram alguns dos serviços oferecidos pelo projeto. 

“Estamos na quarta edição do programa Prefeitura nos Bairros comemorando o segundo ano do Jaçanã, onde começamos no meio da semana com algumas atividades, finalizando com ações da saúde, cidadania, balcão de informações com o Fala Cidadão, brincadeiras para crianças e com a grande novidade, o Bazar solidário, onde conseguimos mais de mil peças de roupas, todas distribuídas para a população”, falou Alessandra Vieira, Secretária de Cidadania e Inclusão Social. 

O prefeito Edson Vieira disse que o intuito do programa Prefeitura nos Bairros é aproximar o poder público da população. “O projeto Prefeitura nos Bairros faz com que as ações do poder público cheguem a todos os recantos da cidade, um trabalho amplo que é desenvolvido por muitos órgãos da prefeitura e que está melhorando a vida da nossa população”. 

“Essa ação social é interessante, pois os serviços vieram para a nossa porta, com muitas brincadeiras para as crianças e varias atividades para as famílias, ele veio facilitar a vida de quem mora longe, uma boa para nós moradores do Jaçanã”, disse Leandro Henrique, morador do Bairro Jaçanã. 

A costureira Elisângela Barbosa, destacou algumas atividades que ela participou. “Achei tudo muito bom, participei de várias ações, exame médico, corte de cabelo, distribuição de roupa, judô e dentista para as crianças, tudo muito gratificante”. 

Nesta edição, o projeto Prefeitura nos Bairros começou na segunda-feira (26), com mutirão de limpeza no bairro, seguindo a semana com peça teatral, zumba, palestras sobre segurança e cidadania e finalizando com serviços de saúde e cidadania. 

O programa Prefeitura nos Bairros do Jaçanã contou com apoio e participação do Moda Center Santa Cruz, Cabelo.Com, Polícia Militar, Karla K’belos e a Igreja Assembleia de Deus.  

Informações da Assessoria.

Cidatec conta com turma especial da Melhor Idade


Uma ideia transformada em oportunidade que tem beneficiado diretamente a população de Santa Cruz do Capibaribe. De modo a abranger todos os públicos, o Projeto de Inclusão Tecnológica e Cidadania - Cidatec, Emanoel Glicério, é um projeto que já se consolidou na Capital das Confecções.

Um dos públicos que tem sido mais beneficiado é o público da melhor idade. São senhores e senhoras que visam no mundo virtual uma possibilidade de atualizar-se e interagir com amigos ou familiares que estão distantes, mas, sobretudo, se inserir no mundo digital.

Para o presidente da Câmara, Professor Afrânio, o Projeto é muito mais do que ensinar informática, mas insere cidadãos, jovens e adultos, além do público da terceira idade. “Nós temos muito prazer em mantermos esse projeto, pois o mesmo é de grande relevância, sobretudo, para a questão da formação tecnológica e, consequentemente, agregar valor ao currículo profissional dessas pessoas, principalmente aquelas que estão prestes a entrar no mercado de trabalho, pois o projeto abrange todos os públicos”, explicou o presidente.

Informações da Assessoria.

sábado, 29 de agosto de 2015

Audiência anuncia novo sistema de abastecimento de água para Santa Cruz do Capibaribe

População Compareceu em grande número!
A crise hídrica tem sido uma das grandes preocupações da Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe que busca por medidas que amenizem a curto, médio e longo prazo a situação no município, com esse propósito, o prefeito Edson Vieira participou da Audiência Pública aconteceu que nesta sexta-feira (28), no Centro Esportivo e Cultural Capibaribe e contou com a presença de representantes do Legislativo Municipal e Estadual, Ministério Público, Fundação Joaquim Nabuco, associações comerciais, lideranças religiosas, Compesa, sindicatos e cooperativas.

Na ocasião, o Prefeito Edson Vieira ressaltou sobre o novo sistema de abastecimento de água, caracterizado como de curto prazo, para a pior seca dos últimos 50 anos. “Nós vamos receber a partir da próxima semana, água da Barragem do Prata aqui em Santa Cruz do Capibaribe. Trata-se da inversão do fluxo de água na Estação de Tratamento de Água (ETA) do bairro Petrópolis para a ETA Salgado que passará a abastecer nossa cidade. Continuaremos recebendo a mesma vazão diária, só que agora com a qualidade da água do Prata”, declarou o prefeito Edson. A barragem, que fica em Bonito, está em atividade com aproximadamente 80% de sua capacidade total. 

A reversão custou aproximadamente R$ 1 milhão ao Governo do Estado e foi uma conquista da parceria entre o governo municipal, a Compesa e o deputado Diogo Moraes. “Nós estávamos trabalhando nesta ação sem muito alarde, porque queríamos dar uma resposta concreta e imediata a população de Santa Cruz do Capibaribe. Embora já estávamos trabalhando também a muito mais tempo, em soluções a médio e longo prazo”, ressaltou o prefeito.
Emissoras de TV fizeram tomadas Ao Vivo do local! 
A médio prazo será a Adutora do Pirangi, avaliada em mais de R$ 60 milhões, que mandará água para o Prata. O início da obra de Pirangi está prevista para novembro e será finalizada em até 180 dias. Já num prazo maior será a conclusão da Adutora do Agreste, projeto de R$ 2 bilhões que irá abastecer mais de 60 municípios da região. A terra das Confecções recebeu os canos para construção dos ramais que abastecerá a adutora, mas aguarda que o ministério da Integração Nacional, envie a verba para a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) dar continuidade a obra.

Segundo o diretor Regional do Agreste e Matas da Compesa, Leonardo Selva, a companhia sempre esteve atenta as necessidades de Santa Cruz do Capibaribe e não permitirá que a cidade sofra um colapso hídrico. “Queria dizer a vocês que não estamos indiferentes a crise, nem esperando chover, estamos indo buscar água na Zona da Mata. 

Trabalhamos diariamente para que as soluções a médio e longo prazo sejam concluídas com êxito e já estamos planejando assim que Barragem de Serro Azul ficar pronta, fazer outra adutora para aumentar a vazão de água na região, um projeto que será financiado pelo Banco Mundial”, disse Leonardo. Ao final da audiência, o prefeito Edson Vieira, o deputado Diogo Moraes e o diretor Leonardo Selva receberam uma carta de compromisso redigida durante o encontro.

Informações da Assessoria.

DEM: "PT JOGOU O PAÍS NA PIOR RECESSÃO EM 25 ANOS"


O líder do DEM na Câmara Federal, Mendonça Filho (PE), criticou duramente a política econômica do governo da presidente Dilma Rousseff. Durante pronunciamento no plenário da Casa, o democrata afirmou que a queda de 1,9% do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre é a comprovação de que o PT destruiu as bases da economia nacional, além de colocar o país na pior recessão dos últimos 25 anos. 

"A gestão do PT é um desastre econômico, que jogou o País na maior recessão dos últimos 25 anos. Infelizmente, quem paga a conta são os brasileiros com desemprego crescente, inflação galopante, reflexos do quadro de recessão", disparou.

Segundo Mendonça, o resultado trimestral é o pior já registrado desde o primeiro trimestre de 2009. "Desde que assumiu o governo, o PT especializou-se em destruir as bases econômicas do País", afirmou. "Infelizmente, vai demorar para reconquistar uma posição que já tivemos e retomar a rota do crescimento", completou o democrata.

"A taxa de investimento da economia caiu, em apenas um ano, de 19,5% do PIB para 17,8%. Isso reflete o total desalento do setor produtivo. Assim fica muito mais distante qualquer recuperação", avaliou. Ele disse, ainda, que as perspectivas para o próximo ano também são negativas. "Provavelmente, teremos mais uma queda no PIB no próximo ano, queda que levaria o País ao pior período recessivo de sua história", disse.
Fonte: PE 247

Pesquisa da CNI mostra que 70% dos empresários reprovam o sistema tributário


A Confederação Nacional da Indústria (CNI) informou hoje (28), com base em pesquisa, que 70% das empresas reprovam o sistema tributário brasileiro. Segundo a pesquisa, os empresários consideram o sistema tributário complexo e pouco transparente. De acordo com a pesquisa, denominada Sondagem Especial Tributação, a estrutura tributária do país não respeita os direitos, não oferece garantias aos contribuintes e traz insegurança jurídica. A sondagem abrangeu 2.622 empresários de todo o país.

O levantamento mostra que o número de impostos foi o item com a pior avaliação: 90% dos entrevistados o consideraram ruim ou muito ruim. O item simplicidade teve 85% de respostas muito ruim ou ruim. O de estabilidade nas regras foi avaliado como muito ruim ou ruim por 82% dos empresários.

A tributação excessiva, com 85% das menções registradas pelos empresários, lidera a lista de características negativas dos impostos brasileiros. Em seguida, com 52% das respostas, aparece a tributação em cascata (incidência de tributo sobre tributo) e, em terceiro lugar, com 41%, a tributação sobre a folha de pagamento. Também foram avaliados como negativos o custo elevado para recolhimento dos impostos e a tributação desigual entre os setores industriais.

Procurado, o Ministério da Fazenda não se pronunciou sobre a pesquisa até o momento da edição desta matéria.

Fonte: Blog do MárioFlávio.

Ex-deputado Pedro Corrêa decide fazer delação premiada


Pressionado o ex-deputado Pedro Corrêa (PP), preso em Curitiba por suposto envolvimento na Operação Lava Jato, decidiu negociar com o Ministério Público Federal um acordo de delação premiada, após ter dito várias vezes que isso estava fora de cogitação, mostrando que a pressão é maior.

Os familiares fizeram a pressão para fazer a delação ante a possibilidade de terminar seus dias de vida na cadeia, já que tem uma condenação anterior (7 anos e 2 meses) por envolvimento no mensalão.

A delação de Corrêa pode envolver o ex-presidente Lula, o ex-ministro José Dirceu e diversos parlamentares do seu partido.

Na última quarta-feira (26), o ex-deputado prestou depoimento à Justiça Federal, em Curitiba, e disse ao juiz Sérgio Moro que seus familiares não têm qualquer envolvimento com os fatos de que é acusado: corrupção e lavagem de dinheiro.

Os familiares seriam seus filhos Aline e Fábio Neto, e a nora Márcia Danzi. Eventuais depósitos feitos em contas bancárias deles, segundo Corrêa, são de sua única e exclusiva responsabilidade.

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Santa Cruz do Capibaribe promove o 1° Moda e Negócios do agreste pernambucano


Na manhã desta quinta-feira (27), o prefeito Edson Vieira participou da abertura da 1° Moda e Negócios do Agreste de Pernambuco, no Centro Esportivo Pele Bronzeada, no bairro Polispacas. O evento comercial busca gerar novas oportunidades de vendas e mostrar aos visitantes e compradores os estilos, tendências e segmentos do mercado confeccionista da região.

Em meio à crise econômica que se alastrou pelo país, o governo de Santa Cruz do Capibaribe busca e apoia iniciativas que contribuam para o desenvolvimento econômico da Terra das Confecções. 

“Quando recebemos a Câmara Setorial de representantes comerciais de nossa cidade, entendemos que o poder público tem que participar, tem que apoiar e discutir com todos eles as dificuldades, principalmente neste momento de crise que estamos enfrentando. Jamais ficaríamos de fora de um grande evento como este”, declarou o prefeito Edson Vieira.

Ainda segundo o prefeito, a 1° edição da Moda e Negócios, representa a ousadia e o sentimento de empreendedorismo de nosso povo. “Mais uma vez Santa Cruz mostra que tem um povo ousado e que sabe buscar soluções que amenize este momento de crise econômica. Muitas cidades tem a sua rodada, porque o berço da confecção não poderia fazer e expor o seu produto?” A feira de negócios é composta por 124 expositores do polo têxtil de Pernambuco.

Ao longo da feira, visitantes e compradores poderão acompanhar os últimos lançamentos de moda íntima, infantil, surfwear, praia, jeanswear, entre outros segmentos. “Santa Cruz mostrou que tem condições de sediar uma rodada, simplesmente pelo fato que todas as empresas estão unidas por um mesmo objetivo. A economia do Brasil é estruturada, sobretudo, na micro, pequena e média empresa, são vocês quem fazem este gigante andar,” ressaltou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Meio Ambiente, Bruno Bezerra.

O consultor Antônio Sérgio agradeceu a parceria com a Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe na viabilização da rodada de negócios.

“Gostaria de agradecer a todos aqueles que acreditam e aderiram a 1° Moda e Negócios. Entre eles, o prefeito Edson Vieira e o secretário de desenvolvimento econômico, Bruno Bezerra, pela grande parceria neste projeto”, agradeceu Antônio. Nesta quinta a sexta-feira (28), os estandes recebem os clientes das 9h às 19h. No sábado (29), o 1º Moda e Negócios será aberto ao público.

Informações da Assessoria.

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Resumo da reunião da Câmara de Veradores


Na tarde desta quinta feira (27) aconteceu a 4ª Reunião Ordinária do segundo semestre de 2015 na Casa Dr. José Vieira de Araújo. Os discursos foram acalorados e fortes embates aconteceram como de costume. os vereadores de oposição mantiveram a linha de ataques. Por sua vez os vereadores de situação rebateram os ataques e citaram os avanços da gestão.

Confiras os discursos:

Narah Leandro (PSB)
A vereadora Narah Leandro fez uso da tribuna onde falou sobre seus requerimentos que têm sido aprovados pelo prefeito Edson Vieira. “Agradeço ao prefeito Edson Vieira que atendeu mais um dos nossos projetos o Feliz Viver, que hoje atende a cerca de 1000 mulheres levando Zumba pelos bairros de Santa Cruz. Hoje teremos uma aula especial, festiva, na quadra do Jaçanã estaremos comemorando dois anos que mais de 300 famílias receberam sua casa própria. Famílias estas muitas delas que viviam inviabilizadas nas favelas da cidade. Essas famílias hoje nos recebem em festa e até sábado teremos uma série de ações naquela comunidade”.

Narah falou sobre o 1º Moda e Negócios, onde na oportunidade relatou que esteve presente na abertura do evento e aproveitou para dar votos de aplausos à CDL e a todos os organizadores da feira de Moda e Negócios que começou hoje na Pele Bronzeada, reunindo 124 expositores com o melhor da moda para clientes de todo o País.

A vereadora destacou o recebimento de um ofício da CDL. “Eu recebi da CDL um ofício com proposta de fechamento de parte da avenida 29 de Dezembro nas tardes de sábado, propõem a área de exposição das lojas, arte na praça e cinema no prédio do teatro, incentivando o comércio local, e promover à cultura e a arte popular. É preciso valorizar esses empresários que sãos os empregadores do nosso município e que dia a dia contribuem diretamente com o desenvolvimento do nosso município. Contem comigo estamos juntos construindo o futuro”.

Junior Gomes (PSB)
O vereador Junior Gomes iniciou seu discurso relembrando o discurso da semana passada, onde o mesmo se solidarizou com o vereador Galego de Mourinha. Junior Gomes destacou a importância de Galego para o grupo de oposição e replicou várias frases de Galego em entrevista para o Blog Agreste Notícia.

O vereador Junior Gomes relembrou ainda a questão do anúncio ao vice-prefeito Tallys Maia, com direito a foguetão. Para finalizar, o vereador falou sobre o discurso de Fernando Aragão. “Fernando, no seu discurso da semana passada, falando sobre a questão do anúncio dele com Tallys para a chapa da ‘união’. Mas, vereador Fernando, a chapa de vocês está alicerçada em três palavras: Fingimento, falsidade e mentira”, finalizou o vereador.

Afrânio Marques (PDT)
O presidente da Câmara, Vereador Afrânio Marques usou a tribuna e falou na primeira parte sobre o projeto de leitura. Afrânio destacou a importância de ler e disse que a leitura torna o cidadão um ser mais crítico, mas ciente de sua atuação na sociedade. “Quando a gente ler um livro a nossa mente se abre e nos revela novas possibilidades. Um livro é importante para que a sociedade fique alerta para que um problema como esse da falta de água não aconteça futuramente”.

O discurso do vereador reforça a necessidade de a sociedade se atenha mais a sua responsabilidade. Em seguida o vereador falou da Audiência Pública que irá acontecer amanhã sobre a crise hídrica. Afrânio aproveitou ainda para falar ainda sobre a necessidade das pessoas se fazerem presentes na audiência, a fim de que todos possam contribuir para uma cidade melhor para todos.

Galego de Mourinha (PTB)
Com seu discurso muito tranquilo, Galego de Mourinha iniciou falando que o anúncio da sua chapa, juntamente com Fernando Aragão, já está gerando muita preocupação no grupo da oposição. “Nós temos que falar aqui de coisas boas. Amanhã, por exemplo, teremos uma Audiência Pública, para cobrarmos o problema da água em Santa Cruz do Capibaribe”.

O vereador falou ainda sobre a questão de desarmar os palanques e criticou vereadores da situação, referendando sobre o uso da tribuna, em que muitos a usam para fazer politicagem. Galego deu continuidade ao seu discurso fazendo um requerimento, solicitando da prefeitura que coloque gelo baiano perto do semáforo da rua 4 e em frente ao giradouro em frente a casa de Zé Elias.

“Quando a gente cobra ações do governo municipal, a gente sempre ouve que a prefeitura está em crise. Mas, estamos falando de um orçamento de cerca 13 milhões de reais. Há cinco meses a população da palestina pediu para passar a patrol em um campo lá no bairro e até hoje, cinco meses depois, não foi atendido o pedido da população”. Galego finalizou seu discurso relatando que tem uma pré-candidatura e que a mesma vai às ruas para mostrar como se deve administrar uma cidade do porte de Santa Cruz do Capibaribe. “O Bairro São Miguel vive uma situação difícil. Se pega um terreno, divide em dois e não faz o desmembramento. O loteador, irresponsavelmente, divide como se tudo pudesse em Santa Cruz do Capibaribe. Como presidente da Comissão de Obras, estou convocando o dono do loteamento, para que ele se explique porque está fazendo isso”.

Fernando Aragão
O vereador Fernando Aragão iniciou seu discurso confirmando a presença do Senador Humberto Costa na Audiência de amanhã, na Casa da Criança. “É preciso que os organizadores tenham consciência da importância dessa Audiência, e tem, e por isso que depois de uma reorganização na agenda do Senador para que ele possa estar aqui conosco”.

O vereador criticou a Compesa, citando que a mesma enrolou os vereadores que fazem parte da Comissão de Convivência com a Seca, dizendo que tinha um projeto, fazendo os parlamentares irem à Brasília, sendo que não se resolveu nada, porque a Compesa não tem projeto algum. “O governo federal não tem que saber aonde tem água. Quem tem obrigação de saber, são os técnicos, engenheiros que trabalham na Compesa”.

O vereador continuou seu discurso falando sobre o caos que Santa Cruz do Capibaribe está vivenciando. “Hoje, nós não podemos parar um carro e ficar por cinco minutos. As pessoas, dentro de suas casas estão sendo vítimas de ladrões, algo que outrora não se via em Santa Cruz do Capibaribe. É preciso que esta Casa, assim como se envolveu com a questão da água, que se una para buscar soluções também para a questão da segurança pública”.

Carlinhos da Cohab (PSL)
O vereador Carlinhos da Cohab iniciou seu discurso falando sobre a questão do preconceito que, segundo ele vem sofrendo. “O vereador Junior Gomes, em todos os seus discursos que eu peço um aparte, ele sempre me trata com menosprezo, dizendo que só dar aparte quando eu for estudar”.

O vereador Carlinhos da Cohab continuou seu discurso criticando o discurso do vereador Junior Gomes, onde o mesmo se referiu ao dinheiro público como recurso sagrado. “Aí eu pergunto, uma torta por 120 reais não é sagrado não? O caso da KMC, onde os bens do prefeito estão bloqueados, não é recurso sagrado? O dinheiro que vossa excelência recebeu na gestão passada, para sair com um boneco em cima de um carro de som, não era dinheiro sagrado não?”.

Ronaldo Pacas (PSDC)
Ronaldo Pacas iniciou seu discurso relembrando que enviou um ofício ao Secretário de Defesa Social, Fábio Aragão, a fim de que o mesmo envide esforços para disponibilizar mais um guarda municipal para o Hospital Municipal. Ronaldo falou ainda sobre a questão política nacional, onde o mesmo relata que ouvindo a presidente Dilma Rousseff falando que não tinha se dado conta da crise. “A crise se instaurou no país de uma forma tão alarmante, que se acessarmos qualquer site da Paraíba, vamos observar que houve uma redução significativa na segurança pública”.

O vereador continuou seu discurso falando sobre a administração pública de Santa Cruz do Capibaribe. Ronaldo destacou os serviços públicos na área de saúde. “Hoje nós podemos observar que a saúde melhorou em nossa cidade. As filas existem, mas só que hoje é diferente. Atualmente a gestão municipal tem dado oportunidade a todas as pessoas. Hoje as pessoas são atendidas de fato e são atendidas bem, diga-se de passagem.

Conversando com o prefeito Edson Vieira, mesmo triste, mas que ele afirmou a mim, que ele quer é trabalhar. Fala-se tanto em bloqueios, mas que só esta semana o prefeito foi notificado para se pronunciar na justiça e se justificar. Eu acredito que a intriga que se tenta fazer com os vereadores nesta casa. Em breve, as máscaras vão cair”.

Luciano Bezerra (PR)
Inicialmente o Vereador Luciano Bezerra agradeceu ao Prefeito Edson Vieira pelo atendimento ao Requerimento nº 70/2015, no qual solicitamos a pavimentação da Rua Amaro João de Melo, no Bairro da Palestina. “Ficamos gratos por ter mais um requerimento atendido, desta feita para pavimentação de mais uma rua no Bairro da Palestina”.

Luciano também destacou os trabalhos da Comissão dos CEP’s da qual ele Presidente, informando a população da efetivação de medidas como solicitação de um CEP específico para o Moda Center Santa Cruz.

Por fim, o Vereador lembrou mais uma vez da importância do recadastramento biométrico, lembrou que o prazo termina em 31/03/2016, e fez requerimento verbal para que a Câmara de Vereadores faça uma campanha institucional conscientizando as pessoas da importância de votar e as consequências de não votar. Disse o Vereador: “votar é exercer a cidadania, é exercer o seu poder com liberdade e consciência”.

Dida de Nan (PSDB)
O vereador Dida de Nan fez uso da Tribuna e falou sobre a sua ida à Vila do Pará, onde relatou que viajando para o seu terreno, ouvia no rádio uma pessoa solicitando que fosse feito um trabalho de recapeamento nas estradas da Zona Rural. Dida deu continuidade ao seu discurso falando sobre o discurso dos pré-candidatos a prefeito e vice da oposição, Fernando e Galego. “Ora, vocês ficam falando que nós estamos preocupados. Vocês têm que entender, que seja quem for, nós vamos ter que enfrentar. Nós não estamos preocupados não, mas a forma como vocês querem passar para a população, que existe uma união, isso não podemos aceitar”.

O vereador Dida falou ainda que o grupo de situação tem feito um bom trabalho e que não vai ter problema nenhum, porque tem feito um bom trabalho e quem vai julgar são as pessoas. “Vocês precisam parar de brincar com as pessoas”, finalizou Dida.

Zé Elias (PTB)
O vereador Zé Elias iniciou seu discurso falando sobre a importância do cadastramento biométrico. “Faz muitos dias que eu venho falando aqui que é preciso conscientizar as pessoas da nossa cidade para renovar seus títulos”. Zé Elias falou sobre os vários requerimentos que têm feito na cidade e que tem sido atendido em todos. “Eu fiz um requerimento solicitando benfeitorias em várias quadras e vou continuar cobrando”.

“Quero lembrar que amanhã teremos a Audiência Pública sobre a questão da água que vai acontecer em nosso município. Peço para irmos todos”.

Ernesto Maia (PSL)
O vereador Ernesto Maia iniciou seu discurso relembrando sobre a reunião que o prefeito e os vereadores de Santa Cruz do Capibaribe tiveram com o Secretário de Defesa Social, onde os vereadores da oposição não foram convidados. “Lembro que na época o prefeito disse que o problema da segurança era do prefeito. O cidadão comum tem medo de ficar até dentro de casa, aí o prefeito vem criticar a oposição por conta da violência".

O vereador reforçou ainda que todas as ações para se resolver o problema da água foram feitas pelo grupo político que vai eleger Fernando Aragão e Galego de Mourinha. “Hoje se bem ou mal, tem um solução para a água, tem a mão desse grupo político. Fernando Aragão e Deomedes conseguiram que Humberto Costa viessem para a Audiência Pública. A população tem que separar o Joio do Trigo. O vereador no final de seu discurso usou a expressão 'mistério'. Mistério é a forma como seu grupo vem se comportando, talvez por isso tenha tantos problemas”, encerrou o vereador.

Zezin Buxin (PSDB)
O vereador Zezin Buxin deu início ao seu discurso falando sobre a questão da crise hídrica e enfatizou que o problema da agua não é só em Santa Cruz não. O parlamentar destacou a falta de planejamento como sendo um problema ainda maior. “A falta de planejamento de nossos políticos superiores vem de muito tempo. O ser humano procura culpado para tudo, mas é muito difícil nós assumirmos nossos erros, a responsabilidade não é só de políticos, a responsabilidade é todo cidadão que quer o bem estar social”.

Zezin Buxin reforçou ainda que em passagem pela cidade de Caruaru, viu em um outdoor falando sobre o fim do racionamento. “Isso não deve acontecer. É preciso que haja racionamento sempre até mesmo por uma questão de reeducar as pessoas a utilizarem água”.

Vânio Vieira (PSDB)
O vereador Vânio Vieira iniciou seu discurso fazendo críticas à forma como o legislativo vem desenvolvendo o trabalho, criticando que só tem tido espaço na hora de usar a tribuna. Vânio aproveitou para falar sobre a questão da administração, onde ele reforçou que tudo o que tem dito é verdade. “É isso que está acontecendo, a gente vem em nossa cidade, esse descaso. A gente lembra sobre a reunião sobre segurança pública. Eu não fui convidado, porque se eu tivesse ido, eu teria chegado aqui e teria falado como foi. Essa insegurança que estamos tendo hoje, é porque vocês representam o governo do estado”.

Vânio falou sobre a questão de não concordar com algumas atitudes de Zé Augusto. “Nós temos que reconhecer que no governo de Zé Augusto a segurança era melhor. É necessário que se reflita e seja buscado uma providência para a segurança pública”.

Helinho Aragão (PTB)
O vereador petebista iniciou seu discurso parabenizando o vereador Junior Gomes, pelo reconhecimento do situacionista ao vereador Galego de Mourinha, vereador da oposição. Helinho falou sobre a escolha de Galego para compor a chapa da pré-candidatura da oposição.

Helinho elogiou seus companheiros de bancada, os vereadores Fernando e Galego que formam a chapa de oposição. O parlamentar falou sobre a importância da Audiência Pública que acontecerá amanhã em Santa Cruz do Capibaribe, sobre a crise hídrica e sugeriu que posteriormente as autoridades do município se mobilizassem para que fosse realizada uma Audiência Pública sobre a Segurança. "Peço que todos se mobilizem nessa Audiência Pública, porque Santa Cruz é a cidade do medo, a cidade do terror. Temos que participar e cobrar providências para esse problema, porque nós temos cargo público aqui em Santa Cruz e somo muito cobrado por essa questão", disse o vereador.

Deomedes Brito (PT)
O vereador Deomedes Brito fez um discurso com ênfase na questão da escolha do pré-candidato Galego de Mourinha, onde de acordo com ele os vereadores da situação têm feito críticas dizendo que Zé Augusto é quem decide, mas segundo Deomedes, Edson Vieira é quem dita o que tem que ser feito no grupo de situação, pois no grupo de oposição acontecem as discussões.

Deomedes enfatizou também a questão da Audiência Pública sobre a água, que tem buscado discutir com as autoridades. “Amanhã iremos receber o Senador Humberto Costa, mais uma vez em nossa cidade para debatermos o tema da água, mas é preciso que a gente tenha mais planejamento para podermos aumentar a capacidade de armazenamento”.

Fonte: Assessoria da Câmara.