quarta-feira, 1 de julho de 2015

Foi arquivado o processo de cassação de Odon Ferreira na Câmara de Vereadores de Toritama


Aconteceu na tarde desta terça-feira (30), na câmara municipal de Toritama a votação do processo de cassação do prefeito do município, Odon Ferreira (PSB). 

O prefeito foi acusado de cometer improbidade administrativa, por ter ordenado despesa sem licitação, para a compra de R$ 10 mil em buquês de rosas que foram distribuídas no Dia das Mães, quando a dispensa de licitação só poderia ser feita com valores de até R$ 8 mil. Os vereadores denunciaram ainda, que as rosas compradas saíram ao preço de R$ 4,00 cada uma, quando o preço de mercado é de R$ 0,50.

Para que Odon Ferreira fosse cassado, seria necessário que dois terços dos parlamentares, ou seja, nove dos treze vereadores, mas três vereadores se abstiveram da votação e o processo acabou sendo arquivado.

Sete vereadores votaram a favor da cassação. Foram eles:

Nilton de Enoque (PSB)
Birino do São João (PSB)
Zé Boim (PSDB)
Morica (PSL)
Marcos Serafim (PSB)
Dió do São João (PTC)
Fábio Araújo (PSDB)

Votaram contra a cassação os parlamentares:

Loló (PTB)
Rossana (PSD)
Arimatéia (PSD)

Os vereadores que se abstiveram de votar foram:

Fábio Florentino (PT)
Maviael (PSL)
Zé Neto (PSD)

Nenhum comentário:

Postar um comentário