segunda-feira, 22 de junho de 2015

Secretaria de Educação, Gestores, Poder Judiciário e Policia Militar debatem violência nas escolas

Continuando o debate sobre a violência nas escolas, foi realizado no Fórum Municipal Dr. Naércio Cireno Gonçalves, manhã desta quinta-feira (18), uma reunião com a participação da Secretaria de Educação de Santa Cruz do Capibaribe, gestores de escolas públicas, Poder Judiciário e Polícia Militar.

Tito Lívio, Juiz da Vara da Infância e Juventude, falou que o intuito do encontro é aperfeiçoar o trabalho da polícia nas escolas. “Essa conversa é para sentirmos as demandas dos gestores de educação, em relação à segurança pública, sabermos o que se espera e não se espera da polícia, debatermos ações positivas e negativas nas escolas. Por isso a gente juntou pessoas nessa plenária que podem nos transmitir mais informações, mais subsídios para ações eficientes da policia nas escolas”. 

“Estamos conversando com os agentes da educação que convivem com o problema da violência nas escolas, acredito que com diálogo vamos otimizar o nosso trabalho e diminuir os transtornos relacionados a agressão escolar”, destacou o Tenente João Henrique, representante do 24º Batalhão da Polícia Militar.

O Secretário de Educação, Joselito Pedro falou que a forma de educar tem mudado e os professores de hoje têm que se adequar a nova realidade. “O papel do professor mudou muito ao longo dos anos, e isso têm se refletido dentro de sala de aula, infelizmente nós professores já não somos mais tão respeitado como antigamente, por isso, estamos nos reunindo com a polícia e o juiz para buscarmos soluções, principalmente no combate à violência dentro das escolas”.
“Estou bastante aliviado ao participar deste encontro, pois vejo que a polícia e o judiciário estão cientes do que passamos nas escolas, acredito que juntos conseguiremos diminuir esta problemática que é a hostilidade nas escolas”, disse o professor Marcos Rogério, representante da Escola Estadual Maria Lúcia Alves.

Na ocasião, foi desenvolvida uma dinâmica, com o grupo de gestores, que teve a finalidade de debater pontos positivos e negativos da presença da polícia nas escolas e em seus arredores.
Informações da Assessoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário