segunda-feira, 22 de junho de 2015

No São João da Moda, também há espaço para inclusão social


Na capital da confecção, ficar casa em pleno São João da Moda, tornou-se uma missão quase impossível. Neste domingo (21), as atrações musicais do Palco da Moda, Polo Multicultural e Arraial do Povão arrastaram milhares de forrozeiros para Avenida 29 de Dezembro, no Centro de Santa Cruz do Capibaribe. 

Mas, ao lado do palco principal, 30 pessoas festejaram o São João da Moda com inclusão social e respeito a sua deficiência. “Completamente diferente dos demais. Esse é o terceiro ano que eu posso me divertir com comodidade e me encontrar com as demais pessoas com deficiência, além de curtir os shows”, declarou Débora Araújo, moradora do bairro Malaquias Cardoso que aproveitou o evento no Camarote da Acessibilidade. 

O espaço conta ainda com monitores e intérpretes capacitados para auxiliar os deficientes e acompanhantes.

Para o Presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, Renê Romualdo, o sucesso do Camarote da Acessibilidade, deve-se ao conjunto de medidas pensadas para acolher o cidadão deficiente com dignidade. “Desde o início da Vila Cenográfica até o camarote, foram construídas dez rampas de acesso para cadeirantes, interligando praças e polos culturais. 

Essas rampas acabaram possibilitando também que pessoas idosas ou com dificuldades de locomoção participassem do São João da Moda”, ressaltou Renê.
Informações da Assessoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário