quinta-feira, 7 de maio de 2015

Resumo da reunião da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibairbe


Em uma tarde de discursos acalorados, os vereadores de Santa Cruz realizaram mais uma reunião na tarde desta quinta feira 07, onde os assuntos foram do mais variados, confiram os resumos dos discursos:


Helinho Aragão – PTB
O vereador Helinho Aragão foi o primeiro parlamentar a usar a tribuna e deu início ao seu discurso falando sobre a reunião que teve na última terça com os dirigentes da Compesa, onde foi discutido o assunto sobre a questão do abastecimento de água. O vereador repercutiu a matéria veiculada no Bom Dia Brasil, onde a imprensa apresentou o mesmo calendário antes divulgado pela Compesa, em que são 28 dias sem água e 2 dias com água, de acordo com a imprensa. “A gente precisa saber quem está com a verdade, se é a Compesa ou se é a imprensa, porque aqui eles nos disseram que houve um equívoco da assessoria de imprensa da Compesa, e os mesmos representantes da Compesa relataram que é a cada 15 dias, mas hoje a gente se depara com a matéria em nível nacional. No mais, eu não vi nada de muito concreto em relação a Compesa e acho que a gente tem que unir esforços para podermos reivindicar com mais afinco que esse problema seja resolvido. Sou a favor de irmos até Brasília para cobrarmos providências urgentes para a nossa cidade”, finalizou Helinho.


Luciano Bezerra – PR
O parlamentar Luciano Bezerra, em seu discurso, deu ênfase aos trabalhos desenvolvidos pela Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, como a reunião dos vereadores com os representantes da Compesa, assim como também a atuação das Comissões, sobretudo, pela Comissão de Legislação e Justiça, a qual ele preside. “Eu fico muito feliz em fazer parte de uma Câmara que tem trabalhado com pautas propositivas. No entanto, percebo que a oposição tem feito um trabalho com base em denúncias levianas”. O vereador foi enfático ao dizer que é falta de verdade, pois o próprio vereador Carlinhos da Cohab foi um dos que autorizou a licitação. Luciano Bezerra fez críticas ao vereador Carlinhos pela sua forma de atuar e propôs sugestões ao parlamentar de se colocar como pré-candidato do grupo taboquinha, uma vez que atualmente se posiciona como líder do grupo de oposição.


Galego de Mourinha – PTB
O vereador galego de Mourinha criticou a falta de segurança, que segundo ele assusta o município. Relatando algumas situações que aconteceram recentemente, o vereador chegou a afirmar que Santa Cruz do Capibaribe passa por uma calamidade em vários serviços. Galego elogiou a preocupação da Câmara de Vereadores com relação ao problema da falta de água, ele também convocou os colegas a cobrar soluções da Compesa. “A minha preocupação maior nesta casa é com o abastecimento de água em nossa cidade e quero louvar a todos os meus colegas vereadores pela preocupação, porque mesmo que venham as chuvas, nós não podemos esquecer dos problemas que uma estiagem prolongada nos causam. Vamos nos unir e cobrar da Compesa as soluções que garantam água para a nossa população, sobretudo, os mais carentes que são quem mais sofrem”.


Fernando Aragão – PROS
Fernando Aragão elencou em seu discurso sobre as cobranças feitas pelo seu gabinete assim como também relatou sobre a importância de dois de seus projetos que vão beneficiar diretamente a população de Santa Cruz do Capibaribe. Um dos seus projetos trata da implantação de um curso vocacional, a fim de possibilitar aos santa-cruzenses a escolha profissional. “Eu mesmo tenho um neto que está finalizando o ensino médio e não vejo a questão de um trabalho desenvolvido para ajudar aos jovens em suas escolhas profissionais”. Fernando Aragão, continuou seu discurso falando sobre o trabalho da Câmara de Vereadores, sobretudo, na questão da aprovação do aumento salarial dos servidores. “Hoje, por exemplo, parabenizei ao presidente Afrânio pelo seu trabalho compromissado em atender as demandas sociais, como por exemplo, a agilidade para votarmos a Lei do aumento salarial dos servidores do município. Eu não tenho esse negócio de quanto pior melhor não, como se falam aqui nesta tribuna”. Fernando Aragão finalizou seu discurso fazendo críticas a forma como está sendo tratada a licitação que envolve o Coffee Break da prefeitura, no entanto, o parlamentar fez questão de enfatizar que se é necessário que tenha o coffee break, que se tenha, mas é preciso cuidado ao licitar.


Narah Leandro – PSB
A vereadora Narah Leandro iniciou seu discurso falando sobre a sua prioridade absoluta que é trabalhar em prol das defesas da criança e do adolescente. Narah continuou relatando sobre a importância do evento que o conselheiro Laércio Glicério está realizando sobre essa temática. “Como conselheira tutelar, eu tive a honra de escrever uma cartilha, onde mostra a necessidade de combatermos com afinco o abuso sexual contra as crianças e adolescentes. Dentro dessa cartilha, nós pudemos divulgar as leis e na segunda edição, publicamos em formato de Gibi, estratégias de como a criança e o adolescente pode se livrar de certos abusos”. A vereadora enfatizou ainda o trabalho da Primeira Dama, Alessandra Vieira, que criou o evento do Baile Municipal e destina a verba para as entidades que cuidam de crianças carentes, como é o trabalho desenvolvido pela Creche Cleóstenes Pacas. Narah finalizou seu discurso agradecendo a Deus por fazer idade nova e pela oportunidade de poder trabalhar pelo povo de Santa Cruz do Capibaribe.


Pipoca – PMN
O vereador Pipoca falou sobre os resultados da reunião em que os vereadores estiveram com os representantes da Compesa. Pipoca relatou que não saiu satisfeito com o resultado da reunião e criticou a forma como a população tem sido tratada pela Compesa. “A minha preocupação é com o povo, porque se hoje, Deus nos livre ter um colapso, a Compesa não demonstra ter nenhum projeto viável para combater a seca, sobretudo, o Moda Center Santa Cruz, que como eles mesmos enfatizaram na reunião, é um ambiente que requer uma demanda maior de água”. O vereador Pipoca continuou seu discurso, demonstrando preocupação com a questão do abastecimento de água. “Há muito tempo eu vejo os vereadores desta casa cobrar por água e nada ou muito pouco tem sido feito. É preciso que nós façamos a nossa parte, porque se não for feito, mas que se explique o porque de não fazer, pois a população nos cobra e muitas vezes ficamos sem ter o que dizer, mas eu estou fazendo minha parte e vamos continuar cobrando e, se for o caso, até entrar na justiça novamente”.


Ronaldo Pacas – PSDC
O vereador Ronaldo Pacas criticou empreiteiras que realizam obras em Santa Cruz do Capibaribe, em seguida elogiou o secretário Junior Gomes, pelos esforços que tem feito para dar andamento aos trabalhos da secretaria de obras. Ronaldo agradeceu ao secretário por alguns pedidos dele, que foram atendidos. Ronaldo falou ainda sobre a problemática de muitos empreiteiros que chegam a nossa cidade e não cumprem com os contratos. O vereador aproveitou para agradecer ao Secretário de Serviços Públicos, Junior Gomes, pelo trabalho que tem prestado para toda Santa Cruz do Capibaribe e tem demonstrado todo esforço para sanar problemas que surgem em setores como no caso do Bairro do Pedra Branca que tem recebido atenção especial pela equipe do secretário Junior Gomes.


Zé Elias – PTB
O vereador José Elias Filho falou sobre o seu trabalho como parlamentar, onde todos os seus requerimentos que têm sido atendidos pelo prefeito e que o mesmo tem cobrado e apresentado viabilidade para a realização das obras. Zé Elias aproveitou para dizer que se seus projetos são postos em prática, é graças ao seu desempenho em cobrar. Onde o mesmo cobrou de prefeitos anteriores e têm feito o mesmo no atual governo. O vereador destacou o requerimento sobre a construção do Distrito Industrial. Zé Elias finalizou seu discurso parabenizando a diretoria do Moda Center Santa Cruz e as entidades representativas, onde buscaram junto as operadoras de telefonia celular, tim e claro, que melhorou e muito o sinal para os feirantes do Moda Center.


Zé Minhoca
O vereador José Bezerra da Costa, Zé Minhoca, fez um discurso propositivo e com foco acerca de algumas de suas ações e requerimentos. Primeiro, o parlamentar falou sobre a importância do trabalho do SAMU, onde o povo precisa ter consciência e não realizar trotes para este órgão, porque um trote pode evitar que o SAMU salve uma vida. Quanto a questão da reunião com os representantes da Compesa, em que os vereadores cobraram por ações concretas, Zé Minhoca citou que esteve com Roberto Tavares, presidente da Compesa, onde o mesmo apresentava relatório sobre o abastecimento de água em todo Estado e citou a cidade de Santa Cruz do Capibaribe, dizendo que o município passaria por um brutal abastecimento de água, a fim de que a cidade não sofra com os efeitos da seca.


Ernesto Maia - PSL
O discurso do Vereador Ernesto Maia foi pautado na denúncia de Carlinhos da Cohab, na semana passada. Ernesto enfatizou que quando o vereador Carlinhos fez a denúncia e foi acusado de ser imprudente pelos aliados do prefeito. O parlamentar citou a Secretária de Articulação Institucional Jessyca, onde disse que a mesma teria dito que aqueles valores eram revertidos para a Secretaria de Ação Social. O vereador relatou ainda que o líder do governo na Câmara, Luciano Bezerra, que apresentou notas fiscais, mas que de acordo com Ernesto, as notas precisam ser analisadas melhor. “São três notas, onde a discriminação só aparece serviço de coffee break. Uma nota do dia 13 de março no valor de 7.350 reais. Nós temos recebido relatos de professores que nos trazem informações de que o que é servido nos coffees breaks são bolinhos de saia e que nunca viram nem queijo do reino nem rissoles”. O vereador concluiu seu discurso dizendo que essa prefeitura está no mínimo, faltando com bom senso.


Francisco Ricardo – PSDB
Trabalhar em defesa das pessoas tem sido uma das vertentes do vereador Francisco Ricardo, que recentemente envidou esforços e requereu à Câmara de Vereadores para que seja feita por esta Casa de Lei, a disponibilização dos trabalhos dos advogados da Casa para defender as pequenas causas de pessoas envolvidas em crimes pequenos, a fim de evitar que casos que podem ser resolvidos aqui mesmo na cidade, essas pessoas desçam para presídios da região só porque não têm um defensor público ou condição de pagar a um advogado. No discurso desta semana, o vereador Francisquinho relatou sobre uma reunião com o Deputado Diogo Moraes na Defensoria Pública do Estado, onde os mesmos se encontraram com o Dr. Manoel Gerônimo a necessidade de homologar a nomeação de novos concursados para a Defensoria Pública de Pernambuco.


Deomedes Brito – PT
Preocupado com a situação caótica do abastecimento de água em Santa Cruz do Capibaribe, o vereador Deomedes Brito fez um discurso voltado para as questões ambientais da cidade e da região. Deomedes citou a preocupação do diretor de meio ambiente de Santa Cruz, Pablo Ricardo, e disse que mesmo diante de reuniões com a Compesa, mas que muito pouco tem sido feito por Santa Cruz. “Eu vejo a questão do açude da manhosa, com muita água e que não se faz nada para beneficiar a população, porque se aquela água for tratada, pode ser muito bem utilizada pela comunidade do Santo Agostinho e do Pedra Branca”. Deomedes Brito criticou a questão da licitação para compra de bolos e tortas para os coffees breaks da prefeitura e relatou que não tem como os vereadores da situação virem defender o indefensável.


Dida de Nan - PSDB
O vereador Dida de Nan, em seu discurso, se mostrou satisfeito com os vestiários construídos no campo de futebol da vila da Magana, uma ação conseguida através de sua luta. O vereador Dida de Nan destacou e agradeceu pela implantação de um trailer policial que trouxe mais tranquilidade e segurança para a vila de Poço Fundo. Em seguida o vereador rebateu as declarações dos vereadores Ernesto Maia e Carlinhos da Cohab. “Eu não entendo como é que estes vereadores da oposição criticam tanto e não enxergam o trabalho desenvolvido pelo nosso grupo. Ora, eu mesmo estive presente na Magana e pude ver a satisfação dos jogadores ao poder utilizar os vestiários, assim como também com a água e iluminação pública da localidade. Por fim quero parabenizar o prefeito Edson Vieira e também Rubinho e Boy, da diretoria de esportes, que vem realizando um ótimo trabalho”.


Carlinhos da Cohab - PSL
O vereador Carlinhos da Cohab fez um discurso embasado nas denúncias que ele fez na semana passada, onde de acordo com o mesmo, depois dessas denúncias, recebeu ameaças devido a este fato. “Como todo mundo sabe minha mãe passa por um tratamento de saúde, os médicos lhe deram três dias de alta e esta semana, ela em casa, um cidadão foi lá em tom de ameaça, pedir meu número de celular, como minha mãe não deu, ele saiu de lá e conseguiu o meu número comalguém e me ligou, dizendo que se eu falasse em torta mais uma vez, eu ia me arrepender. O cidadão Macarrão me ligou me ameaçando e eu prestei uma queixa crime, onde vou encaminhar para o Secretário de Defesa Social de Pernambuco e também para a União dos Vereadores, porque acho inadmissível um vereador ser ameaçado por fazer o seu trabalho. Eu não vou baixar a cabeça e vou continuar fazendo o meu trabalho como oposição”.


Afrânio Marques – PDT
Com o intuito de manter sempre a política como a arte do bem comum, o vereador Afrânio Marques fez um discurso pautado em chamar a atenção da postura de alguns parlamentares, citando, inclusive a postura do vereador Carlinhos da Cohab, onde de acordo com o parlamentar, a Câmara recebeu informações de que Carlinhos teria em mente de fazer um discurso onde seriam utilizadas tortas na plenária, fato que o vereador Professor Afrânio, discursou e se mostrou indignado com tal atitude. “Eu só quero afirmar que enquanto eu estiver presidente desta Casa, isso nunca vai acontecer aqui, porque eu não vou permitir ninguém fazer da Câmara de Vereadores, um picadeiro. Todos podem estar certos disso”. O Professor Afrânio finalizou seu discurso relatando que quem hoje muito defende, muitas vezes no passado deixou de cumprir com o seu papel.


Vânio Vieira – PSDB
O Vânio Vieira criticou a administração municipal, quando relatou que algumas promessas de campanha não foram cumpridas. Segundo o vereador, alguns problemas antigos do hospital não foram resolvidos. Vânio disse ainda que tudo o que acontece, para todas as denúncias, a situação sempre arruma provas, documentos e argumentos para provar algo contrário. “Eu tenho observado que com as minhas gravações é diferente, porque não temos como desmentir uma gravação”. Para finalizar o discurso, o vereador Vânio Vieira fez questão de lembrar que subiu ao palanque com o grupo de situação para prometer algo bom para a sociedade, mas que de acordo com o vereador, tudo tem feito de forma diferente.


Zezin Buxin – PSDB
Como sempre os discursos que o vereador Zezin Buxin faz suas falas embasadas em fatos concretos e alusivas em prol da seriedade do cargo de vereador. No seu discurso na Tribuna, na Reunião Ordinária desta quinta-feira (7), o parlamentar destacou a falta de bom senso por parte de alguns vereadores que visam transformar a tribuna em um picadeiro. “Eu tenho presenciado nesta casa que a vinda de uma torta para a nossa casa seja em comemoração ao aniversário da vereadora Narah”. O vereador Zezin Buxin finalizou seu discurso declamando versos para todas as mães de Santa Cruz do Capibaribe.

Com palavras não é possível,
Pra fazer definições.
De um ser humano infalível,
Que age em muitas missões.
Porque mãe é indescritível,
Ela tem o mais alto nível,
Entre todas as funções.
Portadora de emoções,
Mãe é naturalidade.
Da origem a gerações,
Mãe é responsabilidade.
Propõe orientações,
Mãe é credibilidade.
Disciplina com decisões,
Mãe tem essa autoridade.
Opina, escuta opiniões...
Mãe é sensibilidade.
No fim de suas missões,
Quando vai pra eternidade.
Entristece corações,
Mãe se transforma em saudade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário