terça-feira, 21 de abril de 2015

Morreu nesta segunda (20) o ex-deputado Pedro Eugênio


O Partido dos Trabalhadores (PT) acaba de perder mais um grande nome. Faleceu nesta segunda (20), o ex-deputado federal pernambucano Pedro Eugênio, de 66 anos. A informação foi confirmada pelo vice-presidente do PT em Pernambuco, Bruno Ribeiro. O político estava internado há três meses no Hospital São José – Beneficência Portuguesa, em São Paulo, devido a complicações cardíacas. Na semana passada voltou para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e não resistiu.

“Não conseguimos nem nos recuperar da perda de Manoel (deputado estadual petista Manoel Santos, que morreu no último dia 19) e recebemos agora esta notícia. Para mim é uma perda política e pessoal”, destacou Bruno, que esteve há vinte dias com Pedro, que, mesmo no hospital, celebrava a chegada da primeira neta.

Os problemas cardíacos de Pedro Eugênio começaram há quatro anos. Durante uma reunião na sede da Amupe, ele passou mal e precisou ser socorrido às pressas. Exames apontaram que ele tinha um aneurisma no coração. O político passou por uma cirurgia e conseguiu se recuperar bem. Porém, há três meses, depois de passar por exames, identificou novas complicações.

Nome forte do partido, Pedro Eugênio não conseguiu se reeleger deputado federal na última campanha, depois de três mandatos.


TRAJETÓRIA POLÍTICA – Sua trajetória política começou ao lado do ex-governador de Pernambuco, Miguel Arraes, de quem foi secretário de Agricultura, em 1987, quando coordenou o Programa Chapéu de Palha. Ainda no mesmo governo, foi secretário de planejamento, assumindo em 1988. Em 1994, conseguiu seu primeiro mandato como deputado estadual pelo PSB. Em 1996, assumiu a Secretaria da Fazenda do novo governo Arraes.

Dois anos depois, ingressou no PPS e, em seguida, no PT. Em 1998, se elegeu deputado federal, cargo que ocupou mais duas vezes. Em 2011, foi eleito presidente do Diretório Regional do PT de Pernambuco. Em 2012 concorreu à Prefeitura de Ipojuca, mas ficou em 4º lugar, com apenas 2,981 votos.

Pedro era formado em economia pela Universidade Católica de Pernambuco. Casado com Carminha desde 1973, deixa duas filhas, Renata e Marina.

Fonte: Blog de Jamildo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário