quarta-feira, 10 de dezembro de 2014


JULGAMENTO DO PROCESSO DO PREFEITO DE BREJO É ADIADO MAIS UMA VEZ

O julgamento do processo que decidirá o futuro da administração pública de Brejo da Madre de Deus foi adiado mais uma vez pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que anteriormente tinha agendado para pauta dessa terça-feira (09), entretanto, a matéria não foi julgada pelos sete ministros que integram o pleno.
A matéria entrou na pauta da quinta-feira (11), caso não seja adiado novamente, deve ser julgada pelo colegiado.
O processo ganhou repercussão em abril do ano passado, quando o atual prefeito Dr. Edson de Sousa (PTB), reeleito em 2012, teve seu diploma cassado sobre acusação de abuso de poder econômico e político. Em julho de 2013 foi realizada uma eleição suplementar, onde o ex-prefeito Roberto Asfora (PSDB) foi eleito, assumindo o cargo até Agosto desse ano devido a uma decisão monocrática do Ministro João Otávio de Noronha que reintegrou o cargo ao Dr. Edson e desconsiderou as acusações atribuídas a ele, bem como anulou a eleição suplementar.

Um fato que chamou atenção é uma parte de população de Brejo da Madre de Deus e do distrito São Domingos comemoraram soltando fogos de artifício e alguns mais eufóricos saíram as ruas com sons de seus carros ligado, então seria engraçado se não fosse cômico, pois já se viu muito ser comemorado a realização de julgamentos, porém o adiamento ser comemorado é algo engraçado, porém como tem o ditado popular que diz: “Na política e no amor vale de tudo.”


Nenhum comentário:

Postar um comentário