sábado, 1 de novembro de 2014



Protesto contra presidente Dilma fecha Avenida Paulista


Um protesto contra a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) interditava totalmente a Avenida Paulista, na região central de São Paulo, por volta das 15h deste sábado (1º). A manifestação foi convocada pelo Facebook, onde mais de 100 mil usuários confirmaram presença. De acordo com a Polícia Militar (PM), cerca de 1,5 mil pessoas participavam do ato, que acontecia em frente ao Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp).



Foto: Dario Oliveira/Estadão Conteúdo


Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), os manifestantes começaram a se concentrar no vão livre do museu às 14h. Pouco depois, começaram a ocupar a via no sentido Consolação e, na sequência, passaram a bloquear as duas pistas da avenida. Por medida de segurança, a PM também interditava a travessia da Alameda Casa Branca para a Rua Professor Otávio Mendes.

O grupo deve iniciar uma passeata em direção à Praça da Sé, no Centro da cidade, conforme informou a PM. Parte dos manifestantes já caminhava pela Rua da Consolação às 15h25, (horário de Brasilia).

Fonte: G1 São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário