terça-feira, 25 de novembro de 2014


Programação da Campanha 16 dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra a Mulher será iniciada nesta terça-feira em Santa Cruz


Em entrevistas concedidas às rádios da cidade, na manhã desta segunda-feira (24), a coordenadora da Mulher de Santa Cruz do Capibaribe, Clarissa Carvalho, convocou à população para participar da Campanha 16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra a Mulher.


Lançada a nível mundial desde 1991, a campanha visa alertar sobre os diversos tipos de violência contra a mulher e contará com uma programação especial em Santa Cruz do Capibaribe, que será iniciada na terça-feira (25) e se estenderá até o dia 9 de dezembro.

Realizada pela Prefeitura Municipal através da Coordenadoria da Mulher, a campanha contará com diversas atividades como palestras, oficinas e capacitações com alunos das escolas públicas e servidores municipais e se encerrará com o lançamento do Manual da Rede de Atendimento a Mulher em Situação de Violência Doméstica de Santa Cruz do Capibaribe, que acontecerá no dia 9 de dezembro, no Fórum de Santa Cruz.


No período da campanha vamos realizar várias atividades que visam chamar a atenção para as diversas formas de violência praticadas contra a mulher, dialogando com estudantes, mulheres e homens, e também, lançaremos o Manual da Rede de Atendimento a Mulher que é fruto de um trabalho que reuniu 20 instituições de Santa Cruz e do Governo do Estado e representa uma grande conquista na luta pela mulher”, ressaltou a coordenadora da Mulher, Clarissa Carvalho.


Segue a programação completa da Campanha dos 16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra a Mulher:

Dia 25, às 14h, oficina pedagógica “Maria da Penha vai à escola”, na Escola de Referência Luiz Alves da Silva;

Dia 1º de dezembro, às 9h, palestra “Discutindo Direitos Sexuais e Reprodutivos de Meninas e Mulheres”, na Biblioteca Municipal;

Dias 2 e 3 de dezembro, a partir das 9h, oficina com o tema “As mulheres transexuais e o direito ao nome social”, no Auditório da Secretaria de Educação;

Dia 4 de dezembro, realização de uma atividade de capacitação da equipe técnica do Centro de Referência da Mulher;

Dia 8 de dezembro, palestra “Onde eu escondo o meu machismo?”, na Escola Malaquias Cardoso;

Dia 9 de dezembro, a partir das 9h, no Fórum de Santa Cruz, palestra “Mecanismos para redução da violência contra a mulher”, com o promotor Dr. João Maria Rodrigues Filho, coordenador do Núcleo de Apoio a Mulher no Ministério Público de Pernambuco e lançamento do Manual da Rede de Atendimento a Mulher em Situação de Violência Doméstica de Santa Cruz do Capibaribe.


Informações da assessoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário